Notícias de Caçador e Região

Pai de jovem que sofreu descarga elétrica na rede de alta tensão pede ajuda da comunidade

Desde o dia 9 de janeiro desse ano, a família Moreira Cherobin vem vivendo uma situação delicada. Isso porque nessa data, um dos filhos, o jovem Jeferson Cherobin Moreira, de 21 anos, sofreu um acidente de trabalho enquanto prestava serviços em um prédio de pequeno porte no centro de Fraiburgo.

Ele estava pintando quando encostou nos fios da rede de alta tensão sofrendo uma descarga elétrica muito forte, que o deixou prestes a cair da cobertura da edificação, mas, graças a um rápido socorro prestado ao jovem por órgãos de segurança, Jeferson foi retirado do local com vida, apesar da gravidade do seu quadro com quase 80% de queimaduras pelo corpo, ele segue em tratamento na UTI, passou por diversos tratamentos faz hemodiálise e transplante de pele.

Inicialmente Jeferson foi encaminhado ao Hospital Fraiburgo, onde recebeu os primeiros atendimentos e logo depois foi transferido para uma unidade hospitalar da cidade de Caçador onde permaneceu até que os médicos chegaram a conclusão de que seria melhor encaminhá-lo para Lages, onde há pouco mais de 20 dias, o jovem se encontra. O fato ganhou repercussão estadual e desde que Jeferson sofreu o acidente, toda a comunidade fraiburguense vem acompanhando e torcendo para que ele se recupere.

Segundo Eliseu Moreira, pai de Jeferson, a notícia boa é que seu filho vem reagindo ao tratamento lenta e gradativamente. “Um dia que eu estava com ele no quarto do hospital, muito triste olhando a sua situação do meu filho, quando falei com ele, fui dizer tchau, o Jerferson abriu os olhos, e me olhou como que se quisesse falar alguma coisa. Aquele gesto me trouxe esperança e tenho fé pelo poder de Deus que pode sair dessa”, contou Eliseu emocionado.

Mesmo que os órgãos públicos tenham disponibilizado a estrutura para que Jeferson pudesse receber a assistência necessária com profissionais, procedimentos e medicamentos, desde que o acidente aconteceu, como seu estado de saúde ainda é considerado crítico, toda a rotina de sua família mudou e isso também acarretou em muitas despesas financeiras. Segundo Eliseu, mesmo na UTI, o jovem necessita de um acompanhante e de cuidados especiais. Ele precisa de alguns medicamentos que não são contemplados pelo sistema público de saúde, por isso, Eliseu que é pedreiro e carpinteiro, pede ajuda da comunidade fraiburguense.

“Desde que aconteceu o acidente com meu filho consegui trabalhar apenas cinco dias. Nossa família parou para dar atenção e cuidar do Jeferson, um dos filhos que me ajudava fica acompanhando ele no Hospital de Lages. Vendemos os dois carros que tínhamos e gastamos a reserva, porque temos gastos extras, além daquilo que os órgãos públicos oferecem para o tratamento dele. Por isso viemos  pedir ajuda da comunidade que nos auxiliou desde o começo com o salvamento de meu filho e orações. Agora precisamos também de auxílio financeiro, pois, não temos recursos para custear todas as despesas que estamos tendo. Qualquer ´valor é bem vindo. Agradeço a todas as pessoas que nos ajudaram e vão nos ajudar, esse apoio é muito importante para nós, porque nos dá força e coragem para continuarmos esperançosos de que em breve o Jeferson vai ficar bem. Que Deus abençoe a vida de cada um que se solidariza com nossa dor e o momento que estamos vivendo”, enfatizou Eliseu.

Como ajudar

Quem deseja ou tem interesse em auxiliar a família de Jeferson de alguma maneira, deve entrar em contato com seus familiares pelos telefones 3246-1965, (49) 99938-6667.

Sobre Jeferson

Jeferson ele é natural de Joaçaba, o jovem mora com sua família no bairro Macieira. Ele é o filho de número três de Eliseu Moreira e de Eliane Cherobin Moreira, possui três irmãos e duas irmãs. Jeferson morava com seus pais e tem uma namorada.

Veja Também

Comentários estão fechados.