Notícias de Caçador e Região

Padre é encontrado morto com corte profundo na garganta

Um padre foi encontrado morto, na manhã desta segunda-feira, 21, no pátio da casa paroquial de Guaíra, no Paraná. José Aparecido Bilha, de 63 anos, era de Assis Chateaubriand e há anos estava à frente da Paróquia Nossa Senhora Aparecida. Ele tinha um corte profundo no pescoço e, ao lado do corpo foi encontrada uma faca.

A Diocese de Toledo foi comunicada e acompanha as investigações. Segundo o Portal Preto No Branco, informações extraoficiais dão conta de que membros da paróquia tiveram acesso às imagens das câmeras de segurança e que a suspeita é de que pároco cometeu suicídio.

A Polícia Civil investiga a causa da morte. A Diocese de Toledo também deve montar uma equipe para acompanhar a investigação do caso.

A diocese publicou uma nota de pesar. Veja na íntegra: 

“A Diocese de Toledo, por meio de seu bispo diocesano, D. João Carlos Seneme, e seu clero, manifestam o profundo pesar pelo falecimento do padre José Aparecido Bilha, 63 anos. Ele estava no exercício de seu ministério como pároco da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, na cidade de Guaíra, e foi encontrado morto por funcionários na abertura do expediente desta segunda-feira (21).

Externamos condolências à família Bilha e à comunidade católica de Guaíra, especialmente desta paróquia, que foram surpreendidos pela triste notícia. Informamos ainda que o caso está sendo investigado pelas autoridades de segurança pública e acompanhado pela Diocese.

O velório acontecerá primeiramente em Guaíra, junto da comunidade. Posteriormente, o corpo será trasladado para Assis Chateaubriand, onde haverá as exéquias e, em seguida, o sepultamento. Pe. José Aparecido Bilha era natural de Astorga e tinha 28 anos de sacerdócio. Cursou Filosofia, em Toledo, e Teologia no Studium Theologicum, de Curitiba, e no Instituto de Teologia Pio XII, de Londrina.

Exerceu seu ministério presbiteral em Assis Chateaubriand, Quatro Pontes, Vila Nova (Toledo), Formosa do Oeste e, desde 2020, em Guaíra. Atuou ainda nos seminários diocesanos como promotor vocacional, diretor espiritual e reitor. Rogamos a Deus que, na sua misericórdia, acolha este irmão no sacerdócio que dedicou sua vida pelo bem dos fiéis”. 

 

Veja Também

Comentários estão fechados.