Notícias de Caçador e Região

OMS recomenda tratamento contra a Covid-19 aprovado no Brasil pela Anvisa

A OMS (Organização Mundial da Saúde) recomendou nesta 6ª feira (24.set.2021) o medicamento Regn-CoV2 para o tratamento de pacientes com covid-19. A recomendação é para uso em pessoas com covid-19 e que tem risco de desenvolver complicações severas e naqueles já criticamente doentes. O Regn-CoV2 é um coquetel formado pelos anticorpos monoclonais casirivimabe e imdevimabe, desenvolvidos especificamente para bloquear a entrada do coronavírus nas células. Os testes clínicos indicam que o medicamento consegue reduzir hospitalização e morte pela doença em cerca de70%.

Desenvolvido pela empresa norte-americana Regeneron e comercializado no Brasil pelo laboratório Roche, o medicamento já tem a aprovação de uso emergencial pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) desde abril. A agência brasileira também recomenda o uso para pessoas com alto risco de evoluir para quadros graves da covid-19.

A Anvisa também estipula outras regras para o uso. O coquetel é restrito a pacientes já infectados pelo coronavírus e que não estejam internados. O medicamento é administrado por infusão intravenosa em até 10 dias após o início dos sintomas e o diagnóstico da doença. Não é um medicamento para uso preventivo. Esse foi o 2º medicamento aprovado no Brasil para uso contra a covid-19. O 1º foi o remdesivir. Os 2 medicamentos não têm impostos de importação para o Brasil desde junho. O preço, no entanto, é uma preocupação da OMS.

Veja Também

Comentários estão fechados.