Notícias de Caçador e Região

“Nunca foi cogitado”, diz Flávio Bolsonaro sobre golpe militar em posse de Lula

Senador e filho do presidente Jair Bolsonaro (PL), Flávio Bolsonaro, descartou qualquer possibilidade de um golpe militar durante a posse de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), eleito nas eleições de outubro, de acordo com Paulo Cappelli, em sua coluna no Metrópoles.

“Nunca houve essa conversa de golpe (militar). Um golpe nunca foi cogitado. Muitos em Brasília estavam tentando se proteger de algo que nunca existiu. Bolsonaro sempre agiu e agirá dentro da Constituição Federal”, afirmou Flávio Bolsonaro, ressaltando que não será criado empecilho para a posse de Lula.

O parlamentar relata que vai manter a pauta do voto impresso em discussão, assim como outros deputados e senadores bolsonaristas. Vale ressaltar que uma PEC foi levada a plenário e rejeitada pela Câmara dos Deputados em agosto de 2021.

Flávio ainda confirmou que Bolsonaro continuará residindo em Brasília e não retornará ao Rio de Janeiro. Segundo ele, o pai pretende se tornar o principal símbolo da oposição do governo Lula, que se inicia em janeiro de 2023.

Bolsonaro não irá em posse

Bolsonaro não passará a faixa presidencial para Lula na cerimônia de posse em 1º de janeiro de 2023. A aliados, o atual chefe do Executivo afirmou que está “100% decidido” da decisão.

Com a recusa de Bolsonaro, o responsável pela entrega seria o vice-presidente, Hamilton Mourão (Republicanos), eleito senador pelo Rio Grande do Sul, que já negou a possibilidade de cumprir este rito de transição.

Com informações Terra 

Veja Também

Comentários estão fechados.