Notícias de Caçador e Região

Número de divórcios aumentam 28% durante a pandemia em SC

Santa Catarina registrou um aumento de 28% no número de divórcios durante a pandemia. Os números são do Colégio Notarial do Brasil e fazem uma compação entre maio e junho deste ano com o mesmo período de 2019. A convivência intensa dos casais durante o isolamento social e a possibilidade de se fazer o processo de divórcio via internet, o que ocorre desde maio, foram apontados por psicólogos como os principais motivos do crescimento.

“Essa hiperconvivência pode ser um fator que dispare a ideia de que aquele ‘para sempre’, quando houve o casamento, não é um ‘para sempre’ de uma felicidade garantida, mas um ‘para sempre’ você tem que continuar trabalhando por essa relação. Então, num contexto de pandemia, de hiperconvivência, a noção de que esse trabalho é trabalhoso aparece muito potente e muita gente não está preparada pro trabalho que a felicidade dá. Porque não é a felicidade como uma coisa que tu encontras de maneira fácil, [é] a felicidade como uma construção. Isso sim é para sempre”, afirmou a psicóloga Catarina Gewehr.

Para uns, a quarentena é como se fosse um retiro, uma experiência tranquila. Para outros, um tormento. O número de divórcios também cresceu no Brasil durante a quarentena e a hiperconvivência pode ter facilitado esta decisão.

“A pandemia colocou uma lente de aumento nas relações. Então aqueles casais que já viviam em conflito, ou que adiavam olhar de frente seus conflitos geradores de estresse, trouxeram toda essa bagagem mal resolvida para cá, para dentro da pandemia. E a pandemia, com a hiperconviência, com essa lente de aumento para as relações, só vai gerando mais estresse”, disse a psicóloga Telma Lenzi.

Simplificação no jurídico

Em relação ao processo de divórcio via internet, o casal nem precisa se encontrar pessoalmente. Ficou mais fácil, mas só na parte jurídica.

“Existindo a facilidade para realizar o processo jurídico, não necessariamente as emoções vão acompanhar esse ritmo. E aí você se separa para resolver um problema e talvez, dependendo de como o casal faça a gestão dessa separação, você só para um tipo de problema e abre espaço para ter que administrar outros problemas depois da separação”, declarou Catarina Gewehr.

É Importante lembrar que cada casal tem uma história única. O par Júnior e Cássia descobriram o que poderia azedar a relação e deram um jeito de resolver.

“O dinheiro, que é um problema que separa os casais, independente de quem ganha mais ou não, o dinheiro que entra é um só e a gente sempre diz ‘não, vamos comprar, separar este dinheiro para isso’. Aí tem as nossas contas, aí tem algo que a gente quer comprar. E sempre juntos. É deixar o ego de lado, o egoísmo e ter certeza que é aquela pessoa”, disse o coach Júnior Ribas.

Fonte: G1

Veja Também
Comentários
Loading...