Notícias de Caçador e Região

Nota que circula em redes sociais sobre novas restrições em SC é falsa, alerta MPSC

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) emitiu uma nota oficial neste domingo, dia 12, para informar que a nota que vem sendo compartilhada nas redes sociais nos últimos dias, sobre novas restrições em Santa Catarina por causa da pandemia de Covid-19, é antiga e desatualizada.

A informação está sendo compartilhada como se novas medidas restritivas tivessem sido decretadas pelo governo catarinense. “As informações que constam da mensagem não são atuais, foram repassadas internamente logo após a primeira reunião do Gabinete de Gestão de Crise do Governo com todos os Poderes”, aponta o MPSC.

Íntegra da nota oficial do MPSC

Informamos que a mensagem que está circulando em grupos de whatsapp assinada pelo Chefe do Ministério Público de Santa Catarina, Fernando da Silva Comin, acerca de medidas de quarentena impostas pelo Governo do Estado, foi enviada aos Membros da Instituição no dia 17/3 a fim de informá-los das ações adotadas pelo Executivo estadual naquele momento. Ressaltamos, assim, que as informações que constam da mensagem não são atuais, foram repassadas internamente logo após a primeira reunião do Gabinete de Gestão de Crise do Governo com todos os Poderes.

12 de julho de 2020

Fernando da Silva Comin

Procurador-Geral de Justiça

Possível novo decreto
Com o agravamento dos casos de coronavírus registrados em Santa Catarina, especula-se realmente a assinatura de um novo decreto por parte do governo do estado nesta semana. Alguma definição pode ocorrer já nesta segunda-feira, dia 13, a partir dos dados encaminhados pelas prefeituras à Secretaria de Estado da Saúde.

Veja Também

Comentários estão fechados.