Nasa monitora trajetória de asteroide que pode atingir a Terra em 2046

Notícia Hoje

Notícia Hoje

As informações mais atualizadas de Santa Catarina, do Brasil e do Mundo!

Compartilhe

A Nasa acompanha a trajetória de um asteroide com 50 metros de diâmetro que pode atingir a Terra daqui a 23 anos. Segundo a agência espacial norte-americana, a rocha vai passar a 1,8 milhão de quilômetros do planeta, em 14 de fevereiro de 2046.

Apesar de estar próximo a Terra, o objeto espacial tem uma pequena chance de colidir com o planeta, a possibilidade é de uma a cada 625, de acordo com a Agência Espacial Europeia (ESA). Entretanto, essa probabilidade ainda está em constante revisão.

“Temos rastreado um novo asteroide chamado 2023 DW, que tem uma chance muito pequena de impactar a Terra em 2046. Muitas vezes, quando novos objetos são descobertos pela primeira vez, são necessárias várias semanas de dados para reduzir as incertezas e prever adequadamente suas órbitas anos no futuro”, divulgou a Nasa no Twitter.

O asteroide 2023 DW foi descoberto em fevereiro deste ano por cientistas do Observatório MAP San Pedro de Atacama, no Chile. O objeto espacial está, atualmente, a 0,12 unidades astronômicas do planeta, e circula a uma velocidade de aproximadamente 88 mil km/h.

A Nasa realiza estudos desse tipo de objeto para tentar prever aproximações e probabilidades de atingir a Terra. Em 2022, em uma missão inédita, a agência espacial conseguiu alterar a trajetória de um asteroide com sucesso.

Com informações Metrópoles 

 

Receba notícias, diariamente.

Salve nosso número e mande um OK.

Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp