Nasa: cientista revela em que planeta alienígenas devem estar escondidos; ‘Certeza absoluta’

Jonathan Ribeiro

Jonathan Ribeiro

As informações mais atualizadas de Santa Catarina, do Brasil e do Mundo!

Compartilhe

Nasa

cientista da NASA, Dra. Michelle Thaller, propôs uma teoria que têm intrigado cientistas, a de que existe a existência de alienígenas em Vênus. O planeta enfrenta temperaturas escaldantes de 475°C e permanece envolto numa espessa atmosfera ácida.

No entanto, de acordo com as afirmações do Dr. Thaller, os alienígenas provavelmente estão escondidos em Vênus e lá permanecem em condições que são insuportáveis ​​para os humanos, mas adaptáveis para eles.

A nova teoria foi proposta pela pesquisadora, que trabalha como cientista pesquisadora no Goddard Space Flight Center, com sede nos EUA.

Cientista da Nasa afirma ter “possíveis sinais de vida”

Ela afirmou que já foram percebidos “possíveis sinais de vida” na atmosfera repleta de dióxido de carbono e acrescentou que tem certeza da existência de vida em algum lugar.

“Vemos possíveis sinais de vida na atmosfera de Vênus”, disse o Dr. Thaller, da Nasa, em entrevista ao The Sun. “Eu nunca esperei Vênus. Vênus é agora um lugar onde vemos algo na atmosfera que parece muito parecido com o que poderia ser produzido por bactérias”, acrescentou.

Alienígenas sobrevivem, humanos não

Vênus tem sido frequentemente chamado de “gémeo da Terra” devido à sua estrutura e tamanho semelhantes. No entanto, as suas condições não podem ser mais distantes, pois os astrónomos da Nasa dizem que é impossível para os seres humanos sobreviverem em Vénus.

O professor Dominic Papineau, que trabalha como astrobiólogo na University College de Londres, considera que as opiniões da Dra. Thaller são “difíceis de formular hipóteses realisticamente”.

“Para que ocorram reações químicas relacionadas à vida, é necessária água líquida. Portanto, para encontrar vida extraterrestre, precisamos encontrar água líquida, e para encontrar fósseis extraterrestres é necessário procurar rochas sedimentares que foram associadas à água líquida no passado”, disse o professor, em declarações ao MailOnline.

No entanto, tanto o professor Papineau como a cientista concordaram que as luas geladas do sistema solar também podem ser locais de potencial vida microbiana.

A Nasa sugeriu que o nosso sistema solar tem 290 “Luas tradicionais”, o que exclui 462 asteroides e planetas menores.

“É mais provável que possamos encontrar vida extraterrestre e/ou fósseis em Marte e nas luas geladas do sistema solar exterior”, disse o professor Papineau.

“Isso ocorre porque existe água líquida nesses corpos planetários, inclusive no gelo do pólo sul marciano. Marte e as luas geladas também têm um registo geológico que pode preservar fósseis”, finaliza.

Com informações ND Mais 

LEIA TAMBÉM: Homem atinge esposa com golpe de machado na cabeça

Receba notícias, diariamente.

Salve nosso número e mande um OK.

Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp