Notícias de Caçador e Região

NACIONAL: Detento é assassinado após ejacular no parceiro de cela 

Um preso de 51 anos foi assassinado após se masturbar e ejacular no parceiro de cela. O caso aconteceu na penitenciária Wellington Rodrigo Segura, no distrito de Montalvão, em Presidente Prudente, interior de São Paulo, nesta terça-feira (22/11).

De acordo com boletim de ocorrência, os agentes penitenciários descobriram o crime durante a contagem de presos.

Um detento confessou que matou o companheiro de cela porque acordou com o homem se masturbando próximo dele. A vítima teria, inclusive, ejaculado na barriga do preso. Ao acordar, o detento disse que “perdeu a cabeça” e começou a espancar a vítima.

Após o crime, os agentes penitenciários tirarm o corpo do detento e levaram para o IML (Instituto Médico Legal), onde passou por exame necroscópico e foi liberado para velório e enterro.

O autor do crime vai responder por homicídio qualificado por motivo fútil e deve ter a pena aumentada.

Com informações Correio do Interior 

Veja Também

Comentários estão fechados.