Notícias de Caçador e Região

Mulher dopa marido e queima ele vivo em forno de fumo no Rio Grande do Sul

Um crime chocou os moradores de Dom Feliciano-RS, município localizado a 270 km de Lajeado. Nesta terça-feira, 11 de maio, a Polícia Civil esclareceu o desaparecimento de um homem de 42 anos, ocorrido em fevereiro, e descobriu que ele foi dopado e morreu queimado em uma estufa de fumo.

Segundo a investigação, a companheira deu medicamento tranquilizante misturado em suco de laranja e colocou o homem dormindo dentro de uma fornalha na estufa de fumo da casa da família. A vítima acabou morrendo carbonizada. A polícia tenta ainda determinar a motivação do crime.

A ação foi realizada pela Delegacia de Polícia de Dom Feliciano, com apoio da Delegacia de Polícia de Camaquã. Participaram oito policiais civis, em três viaturas.

Com informações Agora no Vale 

Veja Também

Comentários estão fechados.