Notícias de Caçador e Região

MPF pede investigação no Planalto por apagar arquivos de computadores

O Ministério Público Federal (MPF) no Distrito Federal pediu, nesta sexta-feira (11/11), a abertura de uma investigação para apurar o apagão de documentos de computadores do Palácio do Planalto. O órgão agiu de ofício, ou seja, mesmo antes de ser demandado, após a coluna de Rodrigo Rangel noticiar que HDs de equipamentos da Presidência da República foram formatados em razão de uma suposta ameaça de vírus.

O MPF quer que a Secretaria-Geral da Presidência explique de quem partiu a ordem de formatação dos HDs e se a pasta promoveu a apuração de responsabilidades sobre eventuais causas e responsáveis pelo ocorrido.

“Faz-se necessário, assim, para a adequada proteção do patrimônio público e para a segurança da informação constante de bancos de dados da maior relevância para o Estado brasileiro, que todas as circunstâncias do suposto ataque e da suposta formatação sejam apuradas, bem assim que os agentes públicos envolvidos na ocorrência sejam ouvidos, para melhor esclarecer os fatos, seus desdobramentos e consequências”, destacou o MPF no documento que pede abertura do procedimento investigatório.

Com informações Metrópoles 

 

Veja Também

Comentários estão fechados.