Notícias de Caçador e Região

MP vai investigar conduta de homem com Covid-19 que desrespeitou isolamento e foi a restaurante em SC

O Ministério Publico de Santa Catarina (MPSC) instaurou um procedimento criminal para apurar a conduta de um morador de Balneário Camboriú, no Litoral Catarinense. Mesmo com diagnóstico confirmado de Covid-19, o homem saiu de casa e foi em um restaurante em Itajaí, cidade vizinha, no fim de semana.

O paciente foi denunciado para a Secretaria de Saúde de Balneário Camboriú ao ser visto almoçando no sábado (13) em um restaurante à beira-mar na Praia Brava, em Itajaí, no Vale. Ele teria publicado fotos e vídeos em redes sociais.

A Polícia Militar foi acionada, mas não encontrou o homem nem no restaurante, nem na casa dele. Mais tarde, por telefone, o paciente negou que estivesse no restaurante e teria apagado as imagens publicadas na internet.

A Vigilância Sanitária informou o caso ao Ministério Público que instaurou o procedimento para verificar se o homem cometeu infrações de desobediência e de não respeitar medida sanitária preventiva.

Segundo a 6ª Promotoria de Justiça de Balneário Camboriú, responsável pela investigação, também será feito um pedido de medida cautelar para que este paciente fique em isolamento, com risco de prisão preventiva se descumprir.

O MPSC ainda vai investigar se outras pessoas podem ter sido contaminadas pelo homem “para ver o reflexo criminal e as medidas de proteção sanitária”.

A região de Balneário Camboriú e Itajaí está entre as mais críticas de Santa Catarina no crescimento do número de casos e capacidade do sistema de saúde de absorver as internações.

Segundo a prefeitura, este paciente seria o único que desobedeceu o isolamento. A idade dele não foi informada.

Pessoas que tiveram diagnóstico positivo para o novo coronavírus, mas não precisam de internação, devem permanecer em casa em isolamento social para evitar a transmissão.

Com informações G1 SC 

Veja Também

Comentários estão fechados.