Ministério Público denuncia mãe por assassinato de bebê em SC

Notícia Hoje

Notícia Hoje

As informações mais atualizadas de Santa Catarina, do Brasil e do Mundo!

Compartilhe

Recém-nascido

O Ministério Público denunciou a mulher de 24 anos suspeita de matar o próprio filho em Indaial, no Vale do Itajaí. No entendimento do promotor Rodrigo de Andrade Viviani, a mãe cometeu um homicídio qualificado. Agora compete à juíza Leila Mara da Silva decidir se acata a denúncia.

De acordo com o advogado de defesa, Everton Luis Joaquim, a mãe nega ter cometido o crime ou praticado algum ato de violência contra a criança, como bater ou derrubar o menino. Ela teria dito que apenas chacoalhou o menino de 37 dias, pois ele estava chorando muito.

A guarda do bebê não era da mãe e sim da avó materna, entretanto as duas moravam na mesma casa. Na madrugada do dia 23 de outubro, a mãe chegou a dizer à polícia que ouviu “barulhos vindos do berço e quando acendeu a luz teria visto sangue e o bebê já estava desfalecido”.

O menino chegou a ser socorrido com vida e foi levado ao hospital, que chamou as autoridades ao desconfiar de agressão. Horas mais tarde, a criança morreu. A mulher foi presa preventivamente e aguarda decisão da Justiça no Presídio Feminino de Itajaí.

O advogado Everton Luis Joaquim não descarta a possibilidade de pedir um exame psicológico da cliente, “para apurar se ela estava no estado puerperal”. Caso a tese seja confirmada, isso pode ser uma atenuante no julgamento da mulher.

Com informações ND Online 

Receba notícias, diariamente.

Salve nosso número e mande um OK.

Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp