Notícias de Caçador e Região

Manifestantes se reúnem contra a reforma da previdência, em Caçador

Ato de mobilização aconteceu na Praça Nossa Senhora Aparecida

251

Caçador foi um dos municípios catarinenses que aderiu à greve geral, realizada em todo o país, nesta sexta-feira, 14, organizada pelas frentes sindicais. O movimento aconteceu na Praça Nossa Senhora Aparecida e contou com cerca de 50 pessoas.  

Participaram lideranças sindicalistas, integrantes da agricultura familiar e pessoas da sociedade em geral. A reivindicação é a reprovação da reforma da previdência o a liberação das verbas para a educação na sua totalidade.  

Ilone Moriggi, representante do Sinte de Caçador, relatou que o objetivo a mobilização foi protestar contra a reforma da previdência e à greve nacional é para pressionar os deputados e senadores. “Gostaríamos que os professores também paralisassem, pois a nossa classe será muito atingida, mas estamos engajados nessa luta”, disse.  

Ela relatou ainda que a ideia de realizar a manifestação na Praça Nossa Senhora Aparecida foi uma forma encontrada de não atrapalhar e respeitar as demais pessoas que estão trabalhando.  

Já o presidente da Sitrivest Valmor de Paula, disse que a mobilização é alertar a população que esta reforma não serve para o trabalhador e não serve para a população. Para ele, o atual modelo de previdência não é deficitária como é defendido pelo Governo Federal.  

“Se tiver que haver reforma, que se comece com os altos salários e privilégios que existe e não tirem os direitos dos trabalhadores”, afirmou.  

 

 

 

Veja Também
Comentários
Loading...