Notícias de Caçador e Região

Manifestantes convocam greve-geral para 2ª e pedem adesão de empresários

Movimentos de direita estão convocando, pelas redes sociais, uma greve geral em todo o país para a próxima segunda-feira, 7. O comunicado, divulgado por diversos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (PL) pede para que empresários fechem suas “empresas, fábricas e comércios”. O grupo diz que o protesto é “contra a instalação do comunismo” no país.

Desde o início da semana, diversos grupos protestam contra o resultado das eleições e pedem intervenção militar.

Greve geral

Para esta segunda-feira, os atos previstos estão sendo organizados pelo Movimento Nacional de Resistência Civil (MNRC). O site do movimento foi registrado em nome do empresário e do presidente do Instituto Federalista, Thomas Raymund Korontai. Na página oficial do grupo, constam diversos movimentos de direita que fazem parte da organização de todo país.

Segundo o MNRC, o movimento é composto por “lideranças de movimentos civis e juristas”. “O Movimento Nacional de Resistência Civil é de todos os brasileiros que decidiram dar um basta nas ilegalidades, fraudes e negociatas que beneficiam criminosos”, diz um trecho do grupo publicado no site oficial.

 

 

 

 

 

 

Veja Também

Comentários estão fechados.