Início / Notícias / Brasil / Madrugada de caos na Grande Florianópolis por causa das fortes chuvas

Madrugada de caos na Grande Florianópolis por causa das fortes chuvas

O prefeito Gean Loureiro decretou situação de emergência em Florianópolis e coloca toda a estrutura administrativa em apoio a Defesa Civil, ele sobrevoou a cidade para saber a quantidade de estragos causados.

Houve queda da ponte da Estrada Intendente Antônio Damasco, no Ratones, sem vítimas. A prefeitura colocou caminhões, retroescavadeiras e hidrojatos atuando em todas as regiões da cidade para minimizar alagamentos, priorizando as principais rodovias. Já chega a 360 mm de chuva na região norte da ilha.

Logo cedo, a Base Aérea sentido Centro foi liberada às 6h30 da manhã para o trânsito local de moradores vindo do sul da Ilha. O transporte coletivo no Sul amanheceu com algumas linhas prejudicadas.

Houve deslizamento na rodovia que liga Barra da Lagoa e Praia Mole. Equipes estão no local fazendo retirada de terra e árvores, ainda sem previsão de liberação. Na SC 401, altura do SOS Cárdio, equipes da Prefeitura também trabalharam na retirada de terra deslizada na pista.

Condições do tempo

A previsão da Epagri/Ciram é que um grande volume de chuva persista em Santa Catarina até a próxima sexta-feira, 12. A precipitação durante esses dias nas regiões do Litoral e Planalto Norte pode ultrapassar a média prevista para o mês de janeiro. No Oeste e Meio Oeste as chuvas devem ser mais isoladas e em formas de pancadas no final da tarde. O meteorologista da Epagri/Ciram, Erikson de Oliveira, destaca que é esperado um grande volume de chuva para o Litoral, Planalto Norte e Vale do Itajaí. Ainda de acordo com o meteorologista o volume de chuva na Grande Florianópolis e no Litoral Sul deve ser o maior no Estado durante esse período.

Recomendações da Defesa Civil

Alagamentos/inundações: Evitar o contato com as águas e não dirigir em lugares alagados. Evitar transitar em pontilhões e pontes submersas e cuidado com crianças próximas de rios e ribeirões.

Deslizamentos de terra: Deve ser observada qualquer movimento de terra ou rochas próximas a suas residências, inclinação de postes e árvores e rachaduras em muros ou paredes. Neste caso, é recomendável que a família saia de casa e acione a Defesa Civil Municipal 199 ou Corpo de Bombeiros 193.

Com informações – Portal da Ilha

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Sobre Notícia Hoje

O Portal Notícia Hoje foi criado com o objetivo de ser uma alternativa na comunicação online. Trazendo notícias de Caçador e região, aborda política, economia, segurança, esportes e variedades e já se consolidou como referência na informação com rapidez e credibilidade.

Veja também

Caçador contará com mais três postos de Saúde

Em breve, Caçador contará com mais três postos de Saúde. O primeiro a entrar em …