Notícias de Caçador e Região

Luto: Bombeiros de SC se despedem do cão Barney 

O corpo do cão foi cremado, em São José

103

A manhã de segunda-feira ficou marcada pela emoção. Bombeiros militares de Santa Catarina se reuniram em São José, na Grande Florianópolis, para prestar as últimas homenagens e se despedir do cão Barney, que atuava em busca e salvamento na corporação e morreu em serviço na semana passada. O corpo de Barney, que foi cremado, foi localizado após quase dois dias de buscas em um rio em Içara, no Sul do Estado.

O cão tinha três anos de vida e há um ano e meio tinha o certificado de conclusão de treinamento. Conforme o tenente Ian Triska, que responde pela comunicação dos bombeiros, as cinzas de Barney ficarão com o soldado bombeiro militar Luciano Rangel, que era binômio do labrador guarda-vida. Antes de morrer, o cão já ficava sob os cuidados do soldado Rangel.

Soldado Rangel ganhará outro cão

Durante a cerimônia foi anunciado ainda que, quando estiver bem, o soldado Rangel vai receber outro cão para seguir atuando em buscas e salvamento. Conforme a assessoria dos bombeiros, o novo animal deve vir dos Estados Unidos e terá linhagem de busca e salvamento. Por hora, o binômio de Barney passa por apoio psicológico.

A cerimônia começou por volta das 11h, em um crematório de animais em Praia Comprida, São José, e durou cerca de meia hora. Em fotos divulgadas pelo Corpo de Bombeiros, é possível ver que, sobre o caixão de Barney, foram colocadas as bandeiras Santa Catarina e de Lages. Coroas de flores também foram levadas ao local, como forma de prestar uma última homenagem ao cão herói.

Com informações Diário Catarinense 

Veja Também
Comentários
Loading...