Notícias de Caçador e Região

Laboratórios de SC chegam a lucrar 200% com testes de coronavírus, aponta Procon

Laboratórios de Santa Catarina chegam a lucrar 200% com testes de coronavírus, aponta pesquisa divulgada nesta quarta-feira, dia 15, pela Procuradoria de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon). Segundo o órgão, o levantamento identificou ao menos 19 laboratórios onde o preço cobrado é superior ao dobro dos custos totais para a realização do exame de Covid-19, com lucro de 100%. Em seis deles, o valor praticado representa um lucro de 200%.

A pesquisa do Procon também revelou que a diferença entre os preços praticados pelos laboratórios para o exame que diagnostica o coronavírus pode chegar a 200%. De acordo com o órgão, os valores partem de R$ 180 e podem chegar a R$ 380.

O levantamento foi feito em 86 laboratórios de Santa Catarina, levando em conta os valores cobrados nos testes de sorologia IGG/IGM para detecção da Covid-19. O exame de sorologia serve para saber se o organismo desenvolveu resposta imunológica à Covid-19, e é realizado com a amostra de sangue do paciente.

De acordo com o diretor do Procon, Tiago Silva, afirmou que a cobrança com lucro acima de 100% já pode ser enquadrada como prática abusiva, diante da situação de pandemia provocada pelo coronavírus.

Ele informou que o órgão irá abrir processos administrativos contra laboratórios, com base no artigo 39 do Código de Defesa do Consumidor, e os laboratórios podem ser multados. A instauração de um inquérito no Ministério Público também é possível, disse Tiago Silva.

Segundo Silva, a pesquisa do órgão envolveu um “trabalho minucioso” de análise de notas fiscais de compra e de venda de exames de coronavírus.

O diretor destacou que a orientação é que os consumidores fiquem atentos aos valores cobrados e procurem os laboratórios onde os preços são menores.

Com informações Diário Catarinense 

Veja Também

Comentários estão fechados.