Notícias de Caçador e Região

Justiça confirma pena para mulher que oferecia serviços sexuais da irmã de 15 anos, em SC

Uma mulher que oferecia os serviços sexuais da irmã de 15 anos, teve a condenação mantida em um julgamento que ocorreu nesta semana na 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC). Ela respondeu pelo crime contra a liberdade sexual e foi condenada por prostituição de menor de idade.

A pena da mulher foi mantida em três anos e seis meses de reclusão, em regime aberto. Ela também foi condenada a prestar serviços comunitários.

Ela cobrava valores entre R$ 20,00 e R$ 50,00, e obrigava a irmã a se prostituir para homens mais velhos. A mulher ainda, trocava sexo por mantimentos no comércio local. Pelo menos dois clientes foram identificados na investigação, um deles o proprietário de um minimercado da região.

A suspeita se defendeu alegando que a irmã tomava a iniciativa de se relacionar com os homens da cidade. A mulher ainda garantiu ainda que não agenciava nem cobrava valores das relações que a irmã tinha.

Os homens que se envolveram com a menor, disseram que as ofertas partiam da irmã da vítima e que era ela, quem recebia os valores combinados.

Com informações Tribunal de Justiça de SC 

 

Veja Também
Comentários
Loading...