Notícias de Caçador e Região

Jovem agride tio da namorada até a morte em festa de Ano Novo: ‘era muito folgado’

Um jovem de 24 anos agrediu até a morte o tio da namorada durante uma festa de Ano Novo, em Canelinha, na Grande Florianópolis. Segundo testemunhas, o suspeito e a vítima, de 53 anos, teriam se desentendido quando o tio cumprimentou a sobrinha ao chegar na festa.

O crime ocorreu por volta das 21h10 de sábado (31), na rua Antônio A. De Souza, no Centro. O jovem foi preso e disse aos policiais militares que a vítima “era muito folgada e merecia morrer”.

Quando a PM chegou no local do crime, encontrou o homem morto no chão. Testemunhas relataram que o rapaz provocou a vítima após ela cumprimentar a sobrinha.

O rapaz não teria gostado do cumprimento e forçou a cabeça da vítima contra suas partes íntimas dizendo “cumprimenta esse aqui também”. Os dois iniciaram uma briga e partiram para agressão.

O jovem teria agredido o tio da namorada com socos e pontapés. Relatos apontam que a vítima estava completamente embriagada, sem possibilidade real de defesa.

Mesmo inconsciente, o homem teria sido arrastado pelo rapaz para a rua. Ele então, pegou um pedaço de pau e passou a agredir a vítima. O jovem também arremessou uma telha contra a cabeça do tio da namorada.

Ainda de acordo com a PM, o jovem voltou para dentro de casa, pegou uma faca e desferiu golpes no rosto da vítima. Após o homicídio, o criminoso teria gritado e xingado as pessoas que estavam no local. Em seguida, ele fugiu a pé.

Policiais militares, que já conheciam o jovem de outros delitos, se deslocaram para a casa em que ele morava anteriormente. O rapaz se entregou à polícia. Conforme a PM, ele tinha sangue nos pés.

A morte do homem de 53 anos foi constatada no Hospital de Canelinha. O crime é tratado como homicídio qualificado consumado. O jovem já tinha uma condenação por tentativa de homicídio, além de passagens por tráfico de drogas, ameaça, furto e porte ilegal de armas. Ele namora a sobrinha da vítima há dois meses.

Com informações ND Mais 

 

Veja Também

Comentários estão fechados.