Notícias de Caçador e Região

Irmãos acusados de homicídio são absolvidos

Os irmãos Orlando Almeida e Leandro Almeida foram submetidos a um júri popular na manhã desta sexta-feira, 23, no Fórum da Comarca de Caçador, pela morte de Vilmar Martins Marques. Entretanto, por não haver provas o suficiente para condenação, os dois foram absolvidos.

De acordo com a acusação feita pelo promotor João Paulo de Andrade, no processo não havia provas concretas. Por conta disto, ele defendeu a absolvição do réu, que segundo a lei, na dúvida, o réu deve ser absolvido.

Já a defesa feita pela defensora pública  Elaine Caroline Masnik, apresentou provas de que os dois acusados nem estiveram na cena do crime, provas que apontavam que ambos estavam em suas casas dormindo na noite em que o crime foi cometido.

Os jurados entenderam que havia insuficiência para condenação e votaram pela absolvição. O julgamento durou menos de 3 horas.

A sessão do júri foi presidida pelo juiz Gilberto Kilian dos Anjos.

O crime foi cometido no mês de janeiro de 2009, no Castelhano, quando a vítima saiu do trabalho e caiu em uma emboscada e foi assassinado a tiros. Os réus acabaram apontados como autores do homicídio devido ao fato de a esposa de Orlando ter um envolvimento amoroso com Vilmar, meses antes do crime.

 

Veja Também

Comentários estão fechados.