Notícias de Caçador e Região

Irmã André, pessoa mais velha do mundo, morre aos 118 anos

A freira francesa Lucile Randon, conhecida como irmã André, morreu nesta terça-feira (17/1) aos 118 anos. Ela era considerada, desde abril do ano passado, a pessoa mais velha do mundo, de acordo com a equipe do livro Guiness, que registra recordes mundiais.

Ela vivia em uma casa de repouso em Toulon, na região sul da França. A religiosa faleceu durante o sono, por volta das 2h da manhã, de acordo com um funcionário do lugar.

Irmã André nasceu na cidade francesa de Alès, em 11 de fevereiro de 1904. Em fevereiro de 2021, Lucile foi contaminada pelo coronavírus. No entanto teve apenas sintomas leves, como cansaço. Cerca de 80 moradores da casa de repouso onde a freira vive foram contaminados. Dez faleceram.

A idosa já chegou a se queixar, em seu 118º aniversário, de precisar de ajuda para realizar todas as tarefas. Ela trabalhou até a década de 1970, e seguia fazendo tarefas diversas até os 100 anos. Estava cega e se locomovia com o auxílio de uma cadeira de rodas.

Com informações Metrópoles 

Veja Também

Comentários estão fechados.