Notícias de Caçador e Região

Iomerê cancela realização da 35ª Festa Julina

O prefeito de Iomerê, Luciano Paganini, propôs nesta terça-feira (12) à Comissão Central Organizadora (CCO) da 35ª Festa Julina o cancelamento do evento, previsto para acontecer de 17 a 20 de julho deste ano. Numa conversa rápida com os integrantes da CCO – todos usando máscaras e cumprindo o distanciamento recomendado, o prefeito expôs os motivos do cancelamento e a proposta foi aprovada por unanimidade pelos presentes.

De acordo com o prefeito, são vários os motivos que levam ao cancelamento do evento, mas o principal é a prioridade da administração municipal em preservar a saúde da população em meio a pandemia do novo coronavírus. Segundo ele, a Festa Julina atrai milhares de visitantes todos os anos, gerando aglomeração de pessoas, o que não é permitido atualmente e nem seria recomendado, mesmo que haja uma flexibilização por parte do Governo do Estado nesse sentido. “Precisamos ser prudentes e agir com responsabilidade, não é possível neste momento pensarmos em fazer um evento que cause aglomeração de pessoas e coloque em risco a saúde da nossa população”, afirma.

Ele cita também as dificuldades financeiras que estão previstas para os próximos meses com a queda de arrecadação provocada pela crise econômica que afeta o Estado de Santa Catarina em razão da pandemia. “Os reflexos da crise econômica já são visíveis na nossa arrecadação, a previsão é de que tenhamos uma perda superior a R$ 1 milhão nos próximos 5 meses”.

Segundo Paganini, com o cancelamento da Festa Julina a CCO vai trabalhar agora para encontrar uma forma alternativa para comemorar, mesmo que simbolicamente, os 25 anos de emancipação de Iomerê. “É claro que vamos encontrar uma maneira de marcarmos a passagem dos 25 anos de emancipação de Iomerê, nossa CCO estará trabalhando para encontrarmos uma forma alternativa de comemorarmos a data de 20 de julho”.

Com informações Caco da Rosa

Veja Também

Comentários estão fechados.