Notícias de Caçador e Região

Inverno 2021 em SC terá possibilidade de neve; veja a previsão

O inverno no Hemisfério Sul começou nesta segunda-feira (21) às 00h32min e a previsão é de que seja uma estação com temperaturas abaixo da média e possibilidade de neve em Santa Catarina, segundo a Epagri/Ciram, órgão que monitora as condições climáticas do Estado.

Depois de um outono que trouxe frio antecipado para SC por influência do fenômeno La Niña, pelo menos três ondas de frio devem atingir Santa Catarina neste inverno, com geada e temperatura negativa nas áreas altas, principalmente em junho e julho.

Conforme a Epagri, podem ocorrer ainda episódios de neve no mês de julho, principalmente no Planalto Sul.

Os dias também devem ter grande diferença de temperatura mínima e máxima (amplitude térmica), devido à atuação de massas de ar seco. Por isso, é possível que ocorram os “veranicos”, períodos sem chuvas com temperaturas elevadas, característicos no Estado.

Durante as noites, madrugadas e amanhecer, são esperados nevoeiros associados à nebulosidade baixa.

Chuva

Apesar do primeiro dia de inverno começar com tempo instável, os meses de julho e agosto podem registrar episódios com chuva forte em curto intervalo de tempo. Os volumes totais, no entanto, devem ser baixos em Santa Catarina, favorecendo a estiagem principalmente no Oeste de SC.

Conforme a Epagri, no mês de julho a média deve variar de 70 a 140 mm do Planalto ao Litoral e, de 110 a 170 milímetros no Oeste e Meio Oeste.

Em agosto, a média sobe um pouco variando de 110 a 190 milímetros no Oeste, Meio Oeste e Planalto e de 110 a 150 mm no Vale do Itajaí e Litoral.

A chuva é causada pela influência de frentes frias e sistemas de baixa pressão. Também esta é uma época de atuação frequente dos ciclones extratropicais próximos ao Litoral, que oferecem perigo às embarcações, com ventos fortes e mar agitado, podendo causar ressaca.

Com informações NSC Total 

Veja Também

Comentários estão fechados.