Industrial Elias Seleme Neto deixa legado de empreendedorismo e atuação em prol da comunidade

Notícia Hoje

Notícia Hoje

As informações mais atualizadas de Santa Catarina, do Brasil e do Mundo!

Compartilhe

O industrial Elias Seleme Neto, faleceu na manhã desta quarta-feira (22) em Caçador. Ele estava com 97 anos e 7 meses de vida. O velório será na Câmara de Vereadores a partir das 11h e o sepultamento está previsto para as 17 horas no Cemitério Municipal

Natural de Canoinhas, Elias chegou em Caçador em 1947, na condição de contador do Banco Nacional do Comércio. Em 1951, tornou-se gerente do Banco, quando iniciou suas atividades empresariais na Empresa Vitório Poletto, empresa que se consolidou como o conhecido Curtume Viposa.

A atuação de Seleme Neto no âmbito da representação empresarial se deu em várias frentes. Atualmente, o grupo Seleme conta com diversas outras empresas que atuam nos ramos de curtume, fábrica de calçados, madeira, pecuária, reflorestamento, construção civil e comércio de materiais de construção, gerando cerca de 1.500 empregos diretos. Possui empresas em Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso e Rondônia

Elias Seleme Neto, filho de Antônio Seleme e de Nama Sahar Sleme, nasceu no dia 19 de julho de 1925, em Canoinhas. Foi casado com a Sra. Nelli Mocellin Seleme e tem os filhos: Fernando, Gilberto, Marcelo, Eduardo e Adriano. Ele tem 12 netos e 4 bisnetos.

Com forte atuação comunitária, Elias Seleme sempre esteve presente, especialmente em âmbitos sociais, como na administração do antigo Hospital Jonas Ramos e da Uniarp. Em 1983, ano da grande enchente em Caçador foi eleito presidente da FEARPE, com mandato até 1987. Foi também presidente da Associação Empresarial de Caçador (ACIC), na gestão 1992/1993.

Algumas das Honrarias que recebeu

Troféu ‘Amigo de Caçador’, da Associação do Amigos de Caçador, em 1983; Cidadão Honorário de Caçador, outorgado pela Câmara Municipal, em 1988; Comenda Cruz do Mérito Cívico-cultural da Sociedade Brasileira de Heráldica e Medalhística, em São Paulo, em 2002; homenagem na primeira edição do evento ‘Heróis do Contestado’, em Canoinhas, em 2002; Ordem do Mérito Industrial de Santa Catarina, conferido pela Fiesc, em 2000, e Ordem do Mérito Industrial, conferido pela Confederação Nacional da Indústria, em 28 de maio de 2004.

Em 2012, Elias Seleme Neto recebeu uma condecoração do Vaticano. A homenagem foi entregue por Dom Frei Severino Clasen, sendo enviada por Dom Lorenzo Baldisseri que até janeiro de 2012 era núncio apostólico no Brasil, um dos mais diretos colaboradores do Papa Bento XVI.

Receba notícias, diariamente.

Salve nosso número e mande um OK.

Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp