Notícias de Caçador e Região

IML suspeita que vítima de esquartejamento foi torturada

O Instituto Médico Legal de Concórdia confirmou que o corpo encontrado esquartejado no acesso a Linha Santa Catarina, distante três quilômetros do centro é de um homem com aproximadamente 1,75 metro, 80 quilos e aproximadamente 40 anos.

As características foram repassadas depois da necropsia feita dos pedaços do corpo encontrados em quatro sacas de rafia por volta das 9h da manhã deste domingo, dia 5.

O médico legista, Ronaldo Freitas, foi o responsável pelo trabalho de necropsia e também confirmou que a suspeita é de que a vítima possa ter sido torturada antes de ser morta e depois esquartejada. O homem tem pela branca, porém não foi possível fazer a identificação.

No local não foi encontrado um dos braços e a cabeça.

Com informações de Atual FM

Veja Também

Comentários estão fechados.