Notícias de Caçador e Região

Hospital Maicé faz apelo por conscientização: “Colapso eminente”

O Hospital Maicé de Caçador está em colapso eminente. A capacidade de atendimento está no limite. Neste domingo (14) mais cinco leitos de UTI foram abertos de forma emergencial para atender os casos. De forma imediata, todos os leitos foram ocupados. Somente ontem, foram confirmados 26 novos casos de Covid-19, outros 21 casos são suspeitos. Agora o Maicé está com 22 leitos de UTI Covid e mais cinco pessoas entubadas no Pronto Socorro. Hoje, 26 pessoas estão fazendo uso de respirador. Nos leitos clínicos, estão 22 pessoas. Na UTI geral são nove leitos. Ontem, foram registrados três óbitos.

O perfil dos pacientes está mudando. São mais jovens e chegam até o hospital com um quadro mais grave.

O diretor superintendente do Hospital Maicé, Sérgio Schmitz Júnior destaca que da mesma forma como hospitais da região Oeste do Estado, o hospital de Caçador pode entrar em colapso a qualquer momento. “Nos impressiona a quantidade de novos casos, pessoas mais jovens chegando com um quadro já grave. Estamos trabalhando no limite. As equipes estão sobrecarregadas e trabalhando com muito empenho para salvar vidas. Mas é um fato que isso abala todos nós. As pessoas precisam entender que o vírus está em circulação, e com novas cepas, mais transmissíveis e perigosas. Todos os cuidados precisam ser redobrados. Não existe mais um único público alvo da doença. Todos pode ser vítimas e vir a precisar de leitos, e não temos mais”, alerta.

Veja Também

Comentários estão fechados.