Notícias de Caçador e Região

Homem usava ‘Free Fire’ para atrair crianças e obter material pornográfico

A Polícia Civil de Goiás e do Distrito Federal prenderam um homem, de 45 anos, acusado de pedofilia. A investigação revelou que ele obrigava crianças a enviarem conteúdos íntimos, sob ameaça de divulgar as imagens na internet.

O mandado de busca e apreensão foi cumprido na última segunda-feira (24) na cidade de Águas Lindas de Goiás. Os policiais flagraram o homem apagando conversas no celular no quarto da casa. As informações são do portal Correio Braziliense.

“Haviam várias mensagens de vítimas nos telefones. Nós apreendemos os celulares e eles serão periciados”, destacou o delegado à frente do caso, Vinícius Máximo.

A polícia informou que no celular do acusado estavam armazenados conteúdos pornográficos infantis em várias pastas, sendo que cada vítima tinha um espaço de armazenamento com fotos e vídeos.  Ele mantinha contato com mais de 65 crianças de 9 e 10 anos de todo o país, todos meninos.

Para atrair as vítimas, de acordo com a polícia, o homem se infiltrou no Free Fire, um jogo online popularmente conhecido por crianças e jovens. Ele fazia vídeo-chamadas e desafios.

Em uma das conversas a qual a reportagem do Correio Braziliense teve acesso, o homem diz: “Então manda vídeo. Grava aí”. O menino responde: “Minha irmã está em casa”. Em resposta, o agressor ameaça: “Então vou postar agora”. E a criança responde: “Mano, minha vontade é se matar. Sério. Não faz isso”.

O homem foi preso em flagrante e acumula passagens policiais pelo mesmo crime. As investigações seguem para descobrir possíveis novas vítimas e saber se o autor chegou a encontrar pessoalmente alguma criança.

Com informações ND Mais 

Veja Também

Comentários estão fechados.