Homem simula crime para ser preso e evitar chegar em casa bêbado

Notícia Hoje

Notícia Hoje

As informações mais atualizadas de Santa Catarina, do Brasil e do Mundo!

Compartilhe

Jovem

Com medo da mulher, um homem simulou ter praticado crime para ser preso pela Polícia Militar de Toledo. O próprio suspeito fez a denúncia a fim de evitar chegar em casa bêbado.

A Central de Operação foi informada sobre uma situação de violência doméstica por meio do telefone 190. O marido se passou pelo vizinho e disse aos policiais que um homem ingeriu bebida alcoólica, brigou com mulher, saiu com o automóvel Chevrolet Ônix e deu ‘cavalinho de pau’.

O suposto denunciante informou que o agressor estaria ‘doidão’ e poderia matar a mulher. Além disso, relatou que o casal vivia com o filho adolescente de 17 anos. A Polícia Militar mobilizou uma equipe para atender a ocorrência.

Os policiais viram o carro citado estacionado em via pública e, com a aproximação da equipe, o condutor tentou fugir. Após alguns quilômetros, o motorista desceu do carro e seguiu em direção aos militares, proferindo xingamentos e afirmando ser empresário. “Policial algum coloca a mão em mim”, disse aos policiais militares.

Um litrão de cerveja foi encontrado dentro do Ônix. O teste do etilômetro indicou que o condutor ingeriu 0,94 mg/l de álcool. Ele foi levado para a delegacia por embriaguez a o volante.

A REVELAÇÃO DA FARSA

Durante a confecção do boletim de ocorrência, o condutor afirmou que foi ele quem fez a denúncia e, para isso, usou um nome fictício. Ele confessou ter inventado a história para que a polícia fosse até o local. O farsante simulou a ocorrência para ser preso, evitando chegar em casa alcoolizado e encontrar a mulher.

“Preferia ser preso que chegar em casa bêbado, mesmo sabendo do crime de comunicação falsa de crime”, diz o comunicado da Polícia Militar. Após a conclusão do B.O, o veículo foi liberado para a esposa.

Com informações Catve 

Receba notícias, diariamente.

Salve nosso número e mande um OK.

Ao entrar você está ciente e de acordo com todos os termos de uso e privacidade do WhatsApp