Notícias de Caçador e Região

Homem, que queria atestado por uma suposta dor nas costas, agride médica na UPA

Um homem agrediu uma médica com um tapa no rosto porque queria um atestado por uma suposta dor nas costas. O fato aconteceu nesta quarta-feira, 22, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), de Caçador.

Segundo o relato da profissional, o objetivo do homem era apenas conseguir o atestado médico. Ela orientou para fazer um raio X nas costas e iria receitar medicação, mas, mesmo assim, o homem, de 36 anos, mantinha a afirmação de que queria o atestado médico.

Ainda, de acordo com a médica, o homem estava agressivo durante todo o tempo e passou a proferir palavras de baixo calão. Em seguida, levantou e deu um tapa no rosto da médica, arrancando a máscara facial.

A médica então afirmou que iria acionar a Polícia Militar. O homem tentou sair, mas acabou voltando ao consultório e só se retirou com a chegada de um enfermeiro.

Quarta-feira, dia 22, era o primeiro dia pós-feriado. Dias como este são conhecidos como o Dia do Atestado, principalmente de trabalhadores que exageram na bebida e não vão trabalhar. Com isso, procuram o sistema de Saúde em busca de atestado médico.

Veja Também

Comentários estão fechados.