Notícias de Caçador e Região

Homem que confessou matar pais e irmã de um ano é preso durante enterro, no RS

Um homem de 23 anos foi detido durante o enterro dos familiares, neste domingo, dia 14, no Vale do Rio Pardo, no Rio Grande do Sul. Em depoimento o suspeito confessou o triplo homicídio ocorrido na sexta-feira, dia 12. O Jovem alegou legítima defesa e ressaltou que não tinha a intenção de matar a mãe e a irmã.

Segundo informações da Polícia Civil, depois de atirar no pai, o homem colocou fogo na casa onde sua mãe e irmã de apenas um ano e quatro meses estavam, as duas morreram abraçadas, trancadas no banheiro. A polícia ainda apurou que ele, depois do crime, passou a noite em uma boate.

Ele afirma que colocou óleo diesel no corpo do pai e ateou fogo. As chamas tomaram conta da casa e atingiram a mãe e a irmã, que estavam trancadas no banheiro da residência.

Depois do incêndio, o acusado foi para uma casa de festas e, de acordo com a polícia, gastou cerca de R$ 2 mil.

Testemunhas confirmaram ter visto o jovem em uma boate, exalando cheiro do óleo. “Diante disso e dos relatos de familiares sobre a frieza do suspeito com a notícia da morte dos pais e da irmã, foi expedido mandado de prisão por 30 dias, que pode ser convertido em prisão preventiva”, afirmou a delegada Alessandra Xavier de Siqueira.

O homem foi preso temporariamente, mas os investigadores pretendem pedir a prisão preventiva do acusado. Além disso, a polícia irá ouvir outras testemunhas e analisar a perícia da cena do crime.

Com informações Zero Hora 

Veja Também

Comentários estão fechados.