Notícias de Caçador e Região

Homem gasta mais de R$ 6 mil em bar e finge convulsão para não pagar conta

Um homem de 28 anos foi preso após tentar aplicar um golpe e se passar por jogador de futebol em um bar de Goiânia (GO). Depois de consumir R$ 6.275 em carnes, bebidas importadas e petiscos, ele fingiu estar sofrendo uma convulsão para não pagar a conta.

Segundo a polícia, o homem é natural de Brasília e essa não seria a primeira vez que ele tenta aplicar golpes. Ele é suspeito de enganar outros comerciantes do estado, além de ter vários boletins de ocorrência registrados contra ele no Rio de Janeiro, São Paulo e algumas cidades do Nordeste.

De acordo com relatos do gerente do local, o homem chegou ao bar com amigos e algumas mulheres na noite de sábado, dia 16. No local, o acusado, passando-se por jogador de futebol, consumiu picanhas, energéticos, várias garrafas de gin, camarões e champanhes.

Na madrugada de domingo, os acompanhantes do suspeito resolveram sair do bar e ele ficou sozinho na mesa. “Ele começou a se debater como se estivesse com convulsão”, declarou o responsável pelo bar à Polícia Civil.

O gerente afirmou ainda que chamou o Corpo de Bombeiros para socorrer o rapaz, mas os socorristas que o atenderam constataram que ele não estava passando mal. O funcionário então o questionou sobre a conta e ele teria dito: “pode chamar a polícia, não vou pagar, não”.

O responsável pelo bar chamou a Polícia Militar e o homem foi levado à delegacia. Ele teria se recusado a prestar depoimento, fornecer seu nome correto e também se negou a assinar um Termo Circunstanciado de Ocorrência.

O falso “jogador de futebol” acabou preso em flagrante. Durante uma audiência de custódia, a juíza Lívia Vaz da Silva determinou o pagamento de R$ 10 mil de fiança para que fosse solto.

Com informações do Uol

 

Veja Também

Comentários estão fechados.