Notícias de Caçador e Região

Grupo antitabagismo comemora Dia Mundial de Combate ao Fumo com sucesso de atendimentos

Depois de  quinze anos como fumante, Fabio Francisco Gonçalves fala com orgulho de sua conquista: o de largar o vício do cigarro. Ele tornou-se um entre as dezenas de pessoas que conseguiram abandonar o vício com a ajuda do Grupo Antitabagismo da Secretaria Municipal de Saúde.

wp_20160525_14_35_43_pro

Fábio, que está longe do cigarro há  dois meses e atualmente usa o adesivo de nicotina, contou como foi a decisão de parar com o cigarro. “Passei anos da minha vida fumando e se soubesse como era bom largar, eu tinha feito isso há muito mais tempo. Comecei aos 19 anos e nunca tinha tentado parar com vício, meu filho e minha esposa estavam um pouco incomodados e minha irmã e orientou procurar a Secretaria. Decidi me desafiar e logo na primeira semana já senti a melhora. Os sabores o cheiros, tudo muda. Minha família foi a grande incentivadora, eu não tive nenhuma doença decorrente do vício, mas agora noto que podia ter aproveitado e me sentido muito melhor durante este tempo”, comenta

De acordo com o participante do grupo Antitabagismo , os primeiros dias do tratamento são os mais difíceis. “Eu fumava uma carteira e meia por dia. Os primeiros dois dias de cada módulo  são os mais intensos, o nível de nicotina diminui e isso abala. Mas o organismo acostuma e agora já perdi a mania de pegar o cigarro, procuro manter as mãos ocupadas e quando bate a vontade eu me distraio fazendo alguma coisa e acabo esquecendo”, relata.

“O pessoal da Secretaria de Saúde é muito prestativo, toda quarta feiras ficamos em torno de uma hora e meia, duas horas reunidos. Nós trocamos experiências e nos ajudamos. Todos estamos em um mesmo propósito que é melhorar nossa saúde e qualidade de vida, nos sentimos bem a vontade”, destaca o usuário do serviço.

Após a criação do Grupo, diversos usuários largaram o vício do cigarro por completo e outros ainda passam por tratamento e manutenção. O acompanhamento é realizado individualmente, pelos enfermeiros da Secretaria de Saúde de Caçador. Este profissional tem sido essencial nos aspectos físicos e psicológicos da dependência do cigarro.

O Grupo Antitabagismo de Caçador convida que os interessados em parar com o uso do cigarro procurem as Unidade de Saúde para que se informem sobre o tratamento, que dura três meses. Só em 2016,  trinta e duas pessoas foram atendidas nos grupos Antitabagismo. Doze delas já conseguiram largar o vício.

Na próxima quinta-feira, 02, um encontro de manutenção com ex-tabagistas, participantes dos grupos de 2012 até 2016, será realizado. E na quinta-feira, 09, serão realizados cadastros com fumantes que já participaram do grupo e voltaram a fumar.

Em virtude ao Dia Mundial de Combate ao Fumo, comemorado em 31 de maio, a Secretaria de Saúde, através da equipe de enfermagem e Grupos Antitabagismo do município realiza uma ação de conscientização no Parque Central José Rossi Adami. O evento será neste sábado, 04, a partir das 14 horas, estendendo-se até ás  18 horas. Na oportunidade serão realizadas atividades, bem como o túnel das sensações do tabagismo,  onde a população poderá participar ativamente  e opinar referente ao tema.

Veja Também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.