Notícias de Caçador e Região

Gravidez de menina de 10 anos, que era abusada pelo padrasto é descartada, em SC

Não está grávida a menina de 10 anos que sofreu uma série de estupros em Florianópolis. A informação foi confirmada pelo delegado Gustavo Kremer, da DPCAMI (Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso) da Capital, nesta quarta-feira (11).

A menina e a irmã gêmea, que também sofreu a violência sexual por ao menos dois anos, passaram por uma série de exames e os resultados foram disponibilizados à Polícia Civil, que continua as investigações. O suspeito do crime é o padrasto das duas, que já está preso preventivamente.

Os estupros

O caso das irmãs gêmeas veio à tona na última sexta-feira (9), quando o padrasto delas, um homem de 35 anos, foi preso. A prisão ocorreu após tias das meninas denunciarem os estupros, na quinta-feira (5), que teriam começado há ao menos dois anos.

Com a gravidade da denúncia, a Polícia Civil iniciou imediatamente as investigações. As vítimas passaram por exames e foram ouvidas por um psicólogo da polícia.

O Conselho Tutelar também acompanha o caso e a guarda provisória das duas foi concedida às tias. A polícia apura se a mãe das vítimas tinha conhecimento dos estupros.

 

Veja Também
Comentários
Loading...