Notícias de Caçador e Região

Google anuncia demissão de 12 mil funcionários no mundo todo

A Alphabet, a controladora do Google e do YouTube, demitirá de cerca de 12 mil funcionários, o equivalente a 6% de sua força de trabalho. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (20/1) pela empresa. O anúncio acontece em meio a uma onda de cortes nas companhias de tecnologia, cujo número supera 2 mil desligamentos por dia em 2023.

O CEO da Alphabet, Sundar Pichai, informou por meio de um memorando interno que a empresa havia revisado produtos, pessoas e prioridades, levando a cortes tanto de pessoas em várias regiões geográficas como em tecnologias. A companhia havia se expandido rapidamente em diversas frentes, mas, agora, enfrenta “uma realidade econômica diferente”.

Anotou Pichai, no documento de circulação interna: “Nos últimos dois anos, vimos um período de crescimento dramático. Para conseguir acompanhar esse movimento, fizemos contratações que não condizem com a realidade econômica atual”.

As perdas de empregos da Alphabet afetam equipes em toda a empresa, incluindo recrutamento e algumas funções corporativas, bem como as áreas de engenharia e produtos. As demissões são globais.

O setor de tecnologia enfrenta dificuldades em duas frentes. A primeira delas é a queda das vendas de produtos e serviços, após o fim do isolamento social na maior parte do planeta, com a redução dos casos de Covid-19.

A outra fonte de problemas é o desempenho pífio, com previsões nada animadoras, das economias desenvolvidas do planeta, que patinam num cenário de crescimento baixo, resvalando na possibilidade de recessão. Tal quadro vale, em maior ou menor grau, para países como os Estados Unidos e regiões como a Europa.

Com informações Metrópoles 

Veja Também

Comentários estão fechados.