Notícias de Caçador e Região

Golpe Milionário: Aluna da USP confessa golpe e diz ter gasto dinheiro com aluguéis

A estudante de Medicina da USP Alicia Dudy Muller, de 25 anos, confessou nesta quinta-feira (19/1), em depoimento à Polícia Civil, que usou parte do dinheiro da comissão de formatura de sua turma em benefício próprio.

Ela afirmou que utilizou o dinheiro arrecadado pelos formandos com aluguéis de apartamento e de um carro. De acordo com a investigação, diante disso, está comprovado o crime de apropriação indébita.

Alicia presta depoimento na tarde desta quinta-feira (19/1) no 16º DP, no bairro do Ipiranga, zona sul de São Paulo, onde está o inquérito que investiga o possível desvio de cerca de R$ 920 mil. Ela chegou na delegacia acompanhado do advogado, por volta das 15h.

Alicia, que presidia a comissão de formatura da 106ª turma da Faculdade de Medicina da USP, disse que decidiu tirar o dinheiro da conta da empresa de formatura porque considerava que ele estava sendo mal administrado.

Ela relatou ainda que fez “péssimas aplicações” com a quantia e que tentou recuperar parte do dinheiro fazendo apostas em lotérica.

A pena máxima para o crime de apropriação indébita é de quatro anos.

Ainda de acordo com a investigação, Alicia recebeu nove transferências da empresa responsável pela arrecadação da festa de formatura.

A polícia pediu a quebra de sigilo bancário para verificar quantas contas a aluna tem no Brasil. A quantia de R$ 920 mil reais teria sido transferida para ao menos três contas pessoais de Alicia, de acordo com o delegado responsável pelo inquérito, Guilherme Azevedo, do 16º DP.

Com informações Metrópoles 

Veja Também

Comentários estão fechados.