Notícias de Caçador e Região

Ginásio da escola Walsin Nunes Garcia está com as obras avançadas

Agora, os alunos terão uma estrutura completa para praticarem esportes

O ginásio da escola Walsin Nunes Garcia, no Figueroa, está com as obras bastante avançadas. A construção já está com a cobertura sendo finalizada e, as próximas etapas, são as paredes e o piso.

“Esta era a única escola da Prefeitura que não contava com uma quadra coberta. Agora, os alunos terão uma estrutura completa para praticarem esportes”, destacou a secretária de Educação, Josete Estrowispy.

Além desta melhoria, a Walsin foi completamente reformada e teve o passeio construído no seu entorno.

“Estamos investindo em todas as escolas municipais. São reformas, ampliações e abertura de mais de 400 vagas, desde a creche até o ensino fundamental, através da construção de novas salas de aula”, completou Josete.

Além das melhorias na estrutura, os alunos da escola Walsin já contam com crachás que fazem o controle das entradas e saídas. “Sabemos o horário que cada aluno entra e sai da escola e os faltantes. Isso tudo aliado às câmeras de segurança, que monitoram toda a escola. Além disso, alguns pais já recebem, em um aplicativo em seus celulares, as informações sobre os seus filhos”, explicou a secretária.

Até agora, a Prefeitura já realizou melhorias nas escolas Alto Bonito, Castelhano, Irmão Venâncio, Morada do Sol, Ulysses Guimarães, Vereda dos Trevos, Rodolfo Nickel e Walsin Nunes Garcia, Henrique Julio Berger e Tabajara. Além destas obras, várias outras estão sendo realizadas em todas as escolas, como a construção de passeios, revisão da parte elétrica, pintura, construção de muros e troca das calhas.

Em breve, as quadras de todas as escolas serão fechadas, proporcionando mais segurança e conforto para os alunos praticarem esportes.

“São obras e ações que estamos realizando para dar mais conforto para nossas crianças e servidores da Educação. Tudo isso é visando melhorar a qualidade de vida dos caçadorenses”, destacou o prefeito Saulo Sperotto.

Veja Também

Comentários estão fechados.