Início / Notícias / Brasil / Gasolina atinge maior preço em SC dos últimos 14 anos
Gasolina terá novo aumento em Santa Catarina

Gasolina atinge maior preço em SC dos últimos 14 anos

A gasolina não para de subir em Santa Catarina. O preço médio do litro do combustível comercializado no Estado chegou a R$ 4,318 na semana passada, de acordo com o último levantamento da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). O valor é o maior desde que iniciou a série história da ANP, em 2004.

Somente no último mês, dos levantamentos de 19 de agosto a 16 de setembro, o aumento foi de 6% em SC. O preço médio das bombas saltou de R$ 4,071 para R$ 4,318, um acréscimo de R$ 0,247 por litro. Isso significa que antes, para encher o tanque de um carro com capacidade para 50 litros, gastava-se R$ 203,55. Agora, com o aumento, passa para R$ 215,90, ou seja, o consumidor precisa desembolsar, em média, R$ 12,35 a mais por tanque.

Nos dois últimos levantamentos (de 9 de setembro e da semana passada), o valor do combustível subiu de R$ 4,288 para R$ 4,318 no Estado. Na semana passada o menor preço encontrado foi em um posto em Araranguá, que vendia o combustível a R$ 4,029.

O maior preço foi registrado em um posto em Concórdia, onde a gasolina era vendida a R$ 4,820. Dos preços médios, Itajaí tem o mais baixo entre as cidades pesquisadas em SC, de R$ 4,178. Já Concórdia tem o mais alto: R$ 4,619.

Os sindicatos da categoria afirmam que o aumento frequente do combustível está relacionado à alta do dólar e do preço de barril do petróleo. Desde julho do ano passado, a estratégia adotada pela Petrobras foi a de corrigir diariamente o preço da gasolina nas refinarias com base no valor de mercado do petróleo internacional.

— Com a eleição se aproximando, o dólar só sobe. Não vejo expectativa de mudar de patamar de preço, por enquanto a tendência é só de aumento. Quem vai pagar o preço é o consumidor. Tem revendedor que até está tirando esse aumento da própria margem de lucro, isso tudo é muito ruim — diz o presidente do Sindicato do Comércio Varejista de derivados de Petróleo de Blumenau e conselheiro da Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e de Lubrificantes (Fecombustíveis), Julio Cezar Zimmerman.

Em Santa Catarina, desde 26 de maio, com a greve dos caminhoneiros, o preço da gasolina chegou a R$ 4 e não saiu mais deste patamar. Naquela semana, o combustível chegou a ser vendido a um preço médio de R$ 4,308, segundo a ANP, e era o mais alto registrado no Estado até então.

No país, de acordo com dados colhidos pela ANP em aproximadamente 5,7 mil postos, a gasolina encerrou a semana com valor médio de R$ 4,65 por litro. Na semana anterior, o preço médio foi de R$ 4,62. Durante a pesquisa, a ANP chegou a encontrar estabelecimentos vendendo o combustível a R$ 6,29.

Com informações Diário Catarinense

 

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Sobre Notícia Hoje

O Portal Notícia Hoje foi criado com o objetivo de ser uma alternativa na comunicação online. Trazendo notícias de Caçador e região, aborda política, economia, segurança, esportes e variedades e já se consolidou como referência na informação com rapidez e credibilidade.

Veja também

Vídeo mostra residências sendo destruídas por vendaval, em Caçador

Um vídeo impressionante mostra algumas residências sendo destruídas por um vendaval, que atingiu Caçador na …