Notícias de Caçador e Região

Galo apreendido após cantar na madrugada é vendido: ‘Fiquei constrangido’, diz dono

O galo que foi apreendido pela Polícia Militar (PM) após uma denúncia de perturbação de sossego, em Ivaiporã, no norte do Paraná, foi vendido e será leiloado pelo novo dono. O antigo proprietário disse que ficou constrangido com a apreensão.

O animal virou caso de polícia após cantar durante a madrugada, na segunda-feira, dia 7. Um vizinho chamou a PM para reclamar do barulho, e o galo acabou sendo recolhido. O dono teve que assinar um termo circunstanciado.

Após a apreensão, o galo foi levado para um abrigo provisório providenciado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente. O dono, Elcio Antunes da Silva, teve prazo de cinco dias para arranjar um novo lar para o animal.
Elcio tem 51 anos e é trabalhador rural. Ele disse que comprou o galo há dois meses e o animal começou a cantar recentemente. “Fiquei constrangido. Eu fui lá, peguei o galo e coloquei dentro do camburão”, contou.

O homem disse que resolveu vender o galo para não ter mais confusão. O novo dono, o empresário Elias Belarmino da Silva, levou o animal para uma chácara. “A gente teve a ideia de leiloar e reverter para ele [antigo dono], para melhorar a vida dele. O galo vai ficar aqui na chácara, bem cuidado e vai estar num ambiente saudável para poder cantar à vontade”, disse o empresário.

Com informações do G1

Veja Também

Comentários estão fechados.