Notícias de Caçador e Região

Fundação de Cultura lança projeto para Melhor Idade

Estão abertas a partir desta segunda-feira (16) as inscrições para um novo projeto cultural daFundação Municipal de Cultura da Prefeitura de Caçador, voltado às pessoas com idade acima de 60 anos. “60… Que lá vem história” pretende, por meio de pesquisas e experiências, dentro de diversas linguagens artísticas, criar um espetáculo teatral a ser apresentado a toda comunidade caçadorense, aproveitando-se as memórias, experiências e os saberes das pessoas desta faixa etária que se disponibilizarem a participar.

fundação de cultura (1) (1)

De acordo com a presidente da Fundação de Cultura, Cristina Rese Teixeira, trata-se de um projeto de valorização da maturidade, do conhecimento e da sabedoria que só são adquiridos por meio das vivências proporcionadas pela passagem dos anos. Toda pessoa que já chegou nessa fase da vida certamente traz consigo um acúmulo de talentos desenvolvidos que podem e devem ser incentivados, tanto para a autovalorização do indivíduo, como para benefício da comunidade na qual estão inseridos.

Reconstruir memórias, revisitar o “já vivido”, pode, além de benefícios para saúde mental, como combater o mal de Alzheimer, por exemplo, trazer novas perspectivas de compreensão dos processos experimentados pelo indivíduo no decorrer da sua vida, que em muitos casos, embora pessoais, refletem as vivências de todo um coletivo. Além disso, o despertar de memórias pode revelar preciosidades que estavam perdidas no tempo e que poderão, por meio de experiências estéticas em diferentes linguagens, transformarem-se em produtos artísticos de qualidade, como peças de teatro, por exemplo.

A Fundação Municipal de Cultura, por meio deste projeto cultural pretende promover a efetivação da cidadania e promoção do protagonismo dessas pessoas para que, em grupo, possam desenvolver produtos artísticos que serão compartilhados com a comunidade, multiplicando a prática construída no projeto e atingindo muito mais pessoas, desta faixa etária e de outras, através das apresentações. Entre as atividades propostas estão o teatro, a contação de histórias, artesanato, música, cirandas, cantos, poesia, entre outras.

As inscrições estarão abertas a partir deste dia 16 de maio, das 8h às 12h e das 14h às 17h na recepção da Fundação Municipal de Cultura: Rua Osório Timermann, 400 – Centro. Mais informações pelo telefone 3563-9555.

Se você tem 60, 70, 80 anos ou mais, venha participar! Traga suas memórias, talentos, experiências e histórias para as Luzes da Ribalta!

COMO VAI FUNCIONAR O PROJETO

Local: Fundação Municipal de Cultura – Salão de Eventos

Dias: Terças e quintas-feiras

Horários: 14h00 às 17h00

Os primeiros dois módulos envolvem os estudos e ensaios necessários até o mês de agosto, e o terceiro módulo a apresentação do espetáculo: “60… Que lá vem história!”, nos meses de setembro, outubro e novembro.

1o Módulo – Junho/Julho 2016

Terças-feiras

14h às 14h30 – Expressão corporal (Alongamento, relaxamento, elementos do movimento, corpo X espaço)

14h30 às 15h – Expressão vocal (Aquecimento vocal, respiração, articulação, canto)

15h às 16h – Oficina de teatro com exercícios e jogos teatrais que objetivam a desmecanização física e intelectual de seus praticantes, amplie as possibilidades de expressão, o ritmo, a desenvoltura, improvisação e interpretação cênica. São 5 categorias de jogos e exercícios:

– Sentir tudo o que se toca

– Escutar tudo o que se ouve

– Ativando os vários sentidos

– Ver tudo o que se olha

– A memória dos sentidos

16h às 16h15 – Confraternização e bate-papo

16h15 às 17h – Artesanato

Quintas-feiras

14h às 14h30 – Expressão corporal (Alongamento, relaxamento, elementos do movimento, corpo X espaço)

14h30 às 15h – Expressão vocal (Aquecimento vocal, respiração, articulação, canto)

15h às 16h – Oficina de contação de história com exercícios e jogos: Memória afetiva, histórias ouvidas, histórias, vividas, cirandas, poesia, trovas, versos, parlendas, trava-línguas, cantos de trabalho.

16h às 16h15 – Confraternização e bate-papo

16h15 às 17h – Artesanato

2o Módulo – Julho/Agosto 2016

Terças-feiras

14h às 14h30 – Expressão corporal (Alongamento, relaxamento, elementos do movimento, corpo X espaço)

14h30 às 15h – Expressão vocal (Aquecimento vocal, respiração, articulação, canto)

15h às 16h – Oficina de teatro com exercícios e jogos teatrais que objetivam a desmecanização física e intelectual de seus praticantes, amplie as possibilidades de expressão, o ritmo, a desenvoltura, improvisação e interpretação cênica. São 5 categorias de jogos e exercícios:

– Sentir tudo o que se toca

– Escutar tudo o que se ouve

– Ativando os vários sentidos

– Ver tudo o que se olha

– A memória dos sentidos

16h às 16h15 – Confraternização e bate-papo

16h15 às 17h – Artesanato

Quintas-feiras

14h às 14h30 – Teatro imagem / Improvisação de cenas escolhidas

Encenação das lembranças.

14h30 às 15h – Criação e escolha de poesias, cantos, parlendas, travalínguas,

 cirandas.

15h às 16h – Criação da dramaturgia através do material apresentado pelos

 participantes. Ensaio do espetáculo como um todo.

16h às 16h15 – Confraternização e bate-papo

16h15 às 17h – Artesanato

Veja Também
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.