Notícias de Caçador e Região

Funcionárias denunciam assédio sexual e supervisor de empresa é preso

Um homem de 48 anos foi preso preventivamente em Nova Erechim, no Oeste catarinense, na quinta-feira, dia 3, suspeito de assediar funcionárias de uma empresa em que ele é supervisor. Segundo a Polícia Civil, nove vítimas foram identificadas até a tarde desta sexta-feira, dia 4. Entre elas, há uma adolescente de 17 anos.

De acordo com a investigação, o suspeito teria convidado as mulheres para práticas sexuais, inclusive com toques físicos. O homem, que não teve o nome informado pela polícia, foi ouvido e negou todos os crimes.

O nome do estabelecimento não foi divulgado para preservar a identidade das vítimas.

Conforme o delegado responsável pelo caso, Lucas Almeida, todas prestaram depoimento e apresentaram relatos parecidos em relação às abordagens, além do medo de demissão.

“Ele participava ativamente tanto dos contratos de experiência, quanto das decisões sobre demissões. Ele tinha um poder de influência e, por isso, algumas pessoas teriam se queixado, no passado, que teriam sido demitidas”, contextualizou o investigador.

Almeida acrescenta que a adolescente não passou pelo período de experiência na empresa. “É algo que causa estranheza, ainda mais tendo sido vítima de assédio sexual”.

O suspeito foi encaminhado ao presídio de Maravilha, também no Oeste, onde segue à disposição da Justiça.

 

Com informações Oeste Mais

Veja Também

Comentários estão fechados.