Notícias de Caçador e Região

Fiocruz alerta para aumento nos quadros de SRAG em SC, que teve alta de 94% nos casos de Covid

Santa Catarina está entre os 15 estados brasileiros que apresentam sinal de crescimento a longo prazo dos casos de SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave) entre adultos, mostra o novo boletim Infogripe, divulgado nesta quarta-feira (23) pela Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz).

Os casos de SRAG podem ser provocados por diferentes doenças, dentre elas a Covid-19. De acordo com o documento, o aumento dos registrados no Estado é puxado pela alta de infecções provocadas pelo novo coronavírus – os casos ativos aumentam 94% em uma semana.

A instituição recomenda a retomada do uso de máscaras em ambientes de maior exposição ao vírus como: transporte público, locais fechados ou mal ventilados, aglomerações, e nas unidades de saúde. É sugerido o uso dos modelos N95 ou PFF2.

Os dados divulgados pelo boletim da Fiocruz são referentes período de 13 a 19 de novembro. A análise tem como base dados inseridos no Sivep-Gripe (Sistema de Informação de Vigilância Epidemiológica da Gripe) até o dia 21 de novembro.

Além de Santa Catarina, apresentam sinal de crescimento os seguintes Estados: Alagoas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, Roraima, Santa Catarina e São Paulo.

Outro dado importante divulgado pelo boletim é o aumento nos casos de VSR (vírus sincicial respiratório). Segundo a Fiocruz, o parasita mantém presença expressiva nas crianças de 0 a 4 anos em São Paulo, além de apresentar retomada do crescimento nesse público no RS e SC.

Com informações ND Mais 

Veja Também

Comentários estão fechados.