Notícias de Caçador e Região

Filhote de gato-do-mato é resgatado em rodovia e ganha mamadeira e carinho, em Caçador

Um morador de Caçador, ao sair do seu trabalho no dia 6 de janeiro, avistou um filho de gato-do-mato. Sem pensar duas vezes, até mesmo por não avistar a mãe do animal, recolheu e o levou até a Polícia Militar Ambiental (PMA).

O filhote foi encontrado na beira da rodovia SC-350, nas proximidades da região Castelhano. De acordo com o sargento da PMA, Osmar José Sonego, o animal silvestre passou por uma avaliação e não apresentava ferimentos.

“Ele não estava ferido, amamentamos o filhote e fizemos contato com uma equipe do Centro de Triagem de Animais Silvestres (CETAS) de Florianópolis. Ontem (11 de janeiro) eles vieram resgatar o animal aqui na PMA”, esclarece o policial ambiental.

O filhote deverá ser encaminhado para a FURB (Fundação Universidade Regional de Blumenau), que fará a reintrodução ao habitat após ter condições de sobrevivência ou, talvez, ele será encaminhado para um zoológico.

Segundo o sargento Osmar, não é tão comum avistar gato-do-mato na região de Caçador. A orientação é que caso alguém avistar esse tipo de animal silvestre entre em contato com a PMA.

“A orientação é não recolher e entrar em contato com a PMA para podermos monitorá-lo, porque muitas vezes, se tratando de filhote, a mãe sai para caçar, mas retorna. Geralmente esses animais acabam fugindo. Só atacarão se se sentirem acuados”, explica o sargento.

O gato-do-mato é uma espécie de felino que habita quase todo Brasil e pode ser encontrado em diversos biomas. Em média, pesa 2,5 kg e mede 50 cm (mais 30 cm com a cauda).

Além de estar ameaçada de extinção pela destruição de seu habitat, o gato-do-mato sofre também com abates de pessoas que pensam que essa é uma espécie perigosa, mas, apesar de exclusivamente carnívoro, o animal se alimenta de roedores, aves pequenas e lagartos.

 

Veja Também

Comentários estão fechados.