Notícias de Caçador e Região

Filho que atirou na cabeça do pai em SC se apresenta à polícia

O adolescente de 14 anos que atirou na cabeça do próprio pai em Brusque, no Vale do Itajaí, há cerca de uma semana se apresentou à polícia nesta quarta-feira (26).

O adolescente estava desaparecido desde o dia do crime, 20 de maio, já que após atirar no pai ele fugiu do local e não foi localizado pelas buscas da polícia.

O delegado responsável pelo caso Alex Bonfim Reis ainda não deu mais detalhes sobre como o garoto se apresentou. Uma entrevista coletiva deve ocorrer ainda na tarde desta quarta (26).

Segundo informações da Polícia Civil, o pai segue internado em estado gravíssimo e inconsciente.

Relembre o caso

Na tarde de quinta-feira (20), um homem de 54 anos foi encaminhado em estado grave ao hospital após ser atingido por um tiro na cabeça em Brusque.

Segundo a polícia, o suspeito de ter efetuado o disparo era o filho da vítima, um adolescente de 14 anos.

De acordo com o delegado Alex Bonfim Reis, vizinhos contaram que a relação entre pai e filho era conturbada. Os dois discutiam com certa frequência, mas as brigas nunca tinham chegado às vias de fato.

A última discussão entre os dois foi ouvida na quarta-feira (19) e teria continuado na manhã quinta (20). Em um determinado momento, o adolescente entrou na casa, pegou a arma do pai e atirou.

Com informações ND Mais 

Veja Também

Comentários estão fechados.