quarta-feira , 18 outubro 2017
Início / Colunas / Fernando de Noronha: Vamos falar do top 4 – Por Gisele e Dênis

Fernando de Noronha: Vamos falar do top 4 – Por Gisele e Dênis

Moro Dois Irmãos: Beleza sem Igual

Sim!  O Brasil está no Top 4 destinos férias_todentro e muito bem representado diga-se de passagem. Para quem chegou agora ou não lembra, o TOP 4 são os destinos que nos marcaram até então por inúmeros  fatores. Chamonix na França, Hallstatt na Austria Ilhas Faroé (Dinamarca) e a gatissíma Noronha formam este pelotão.

Chega de conversa e vamos ao que interessa: Fernando de Noronha vale o investimento?

O mês era fevereiro do ano de 2011, e pela primeira vez iríamos fazer um Cruzeiro. Para falar a verdade conhecer um tão famoso “Cruzeiro de Luxo” até estava empolgando (até esse momento não tínhamos feito nenhum ainda) mas era seu destino que nos enchia de expectativa.  Voamos até Natal , dois dias de praia e sol na belíssima capital do Rio Grande do Norte  e finalmente embarcamos no pequeno e muito bonito navio Bleu de France.

Você pode estar se perguntando: como era o navio? a comida? balança muito?  Estas e muitas outras perguntas serão respondidas em artigos futuros, pois quando o assunto é Cruzeiros temos muita coisa para compartilhar e certamente cada navio merece seu espaço. Além disso hoje a protagonista desta história é a Ilha do famoso Morro Dois Irmãos.

Ao atracar em Noronha confesso que corremos para sermos os primeiros da fila para pegarmos o barco rumo a ilha, era muita expectativa e só ficaríamos ali dois dias.

Nosso Taxi para o paraíso

Já em terra alugamos um Bugue por R$ 90,00 para o dia todo (era 2011 e portanto hoje deve ser mais caro). A Gasolina estava cara, mas valia a pena afinal estávamos alugando uma verdadeira Ferrari.

Gisele fazendo a checagem da “Nave”

Em terra e motorizados, logo de cara já fomos em direção a principal atração da ilha: o mirante do Morro dos Dois Irmãos! Mas primeiro demos uma passadinha para um mergulho em uma das praias mais lindas do planeta: a Praia do Sancho.

Acesso a Praia do Sancho (fica a esquerda do Mirante Dos Irmãos) assusta um pouco mas acredite: do chão você não vai passar

 

Nesse momento a praia era só nossa

 

O amor transbordando em Noronha….Quanta Energia!

Subimos aquela escada “tranquila” e com algumas lagartixas (calma, as lagartixas de Noronha sempre estão “de boas)  fomos em direção ao  protagonista da ilha. Será que valeu a pena:

Moro Dois Irmãos: Beleza sem Igual
Aquela escada dava realmente um “suador”

 

Que água não?

Agora observe essa praia que dá de frente para os Dois Irmãos, ela é a famosa Baía dos Porcos. Partiu?   Pegamos nosso Porche e em 10 minutos chegamos a praia Cacimba do Padre, caminho para a Baía:

Morro dois Irmãos no caminho para a Baía dos Porcos

 

 

 

Acabamos seguindo em Frente e de Havainas (que acabaram por arrebentar várias vezes inclusive)
Quase lá! (Acredite, não vá de chinelo)

 

E novamente tudo tão lindo e energizante (Repare que a Gisele está com problemas com o sol……tá mas e o óculos serve para que mesmo??? rsrsrs)

Voltamos pela mesma trilha tomamos uma água de coco e pegamos nosso Opala para apreciar um belíssimo e inesquecível pôr do sol no Forte de São Pedro do Boldró.

Um dos Espetáculos Mais Lindos

 

Muito Love envolvido

Noite cai, pegamos nossa Chevy (nossa tá diminuindo as classes não é mesmo??) e voltamos ao Navio para jantar, festar e dormir pois no dia seguinte tinha mais.

Motor Turbo e ao lado um Bugue Mary Kay

Já na parte da manhã fizemos uma passeio de escuna que permitia uma parada para mergulhos (sem aparelhos). Uma vez que éramos extremamente profissionais na época e a ressaca pela festa na noite anterior estava forte esquecemos a maquina fotográfica……(como se diz em Floripa: “Tansos”)

Sem problemas, a tarde tudo estava resolvido e pegamos um ônibus (sim, lá tem linhas que atravessam a ilha de ponta a ponta) e fomos até o outro lado da ilha na Baia do Sueste. Nesta praia era obrigatório o uso de coletes para entrar na água, mas não para te salvar de um afogamento e sim porque é proibido pisar na areia dado o tamanho da proteção ambiental que a área oferece a tartarugas, tubarões e inúmeras outras espécies. Caso você desrespeite essa regra pode levar uma multa pesada e que bom que é dessa forma.

Baia do Sueste (coloca o óculos Gi!!)

 

Pelo menos a Gisele tem um óculos né?

A história do colete no final das contas ajudou muito no nosso mergulho com Snorkel, pois ficávamos boiando e apreciando sem cansar uma quantidade absurda de tartarugas, peixes coloridos e tubarões (calma ….eram apenas filhotes). Ainda com relação aos tubarões, o ecossistema de Noronha é tão equilibrado que eles nunca atacam seres humanos. A exceção foi agora no ano de 2017 que um “esperto” pegou um tubarão filhote na mão para tirar uma inocente foto…resultado: quase perdeu a mão (merecido não?).

Pegamos mais alguns “busões” com passagens breves por algumas praias (e sem fotos novamente….”eia” profissionalismo) e fomos apreciar mais um por do sol daqueles….

Ao fundo o famoso Morro do Pico, na água a cachorrada aproveitando e em instantes mais um espetáculo estava por começar.

 

Fantástico não?

 

Até hoje olhando para estas fotos sentimos a energia do momento

 

Momentos finais……

Chegava ao fim uma das mais lindas e energizantes viagens até aquele momento e hoje 6 anos depois não é a toa que Noronha está no Top 4 destinos do ferias_todentro.

Navio Bleu de France

Voltamos ao nosso “hotel flutuante” com o coração realmente apertado mas com a alma renovada. A noite seria de muita festa regada a open bar….mas isso já é assunto para outra história.

E então, prontos para embarcar para Noronha??  Acompanhe nosso Instagram ferias_todentro para saber mais, comente nas fotos, envie e-mail para feriastodentro@gmail.com , visite nosso site ou simplesmente vá fazer um brigadeiro pois você merece!

Nos vemos por aqui em Breve.

Abs

Dênis

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Sobre Gisele e Denis Colaço

Veja também

Vício de Silvana coloca em risco vida de Simone – Resumo de Novelas

Para alimentar seu vício de jogo, Silvana (Lilia Cabral) não tem limites. Mas, desta vez, a brincadeira …