Notícias de Caçador e Região

Eventos em SC vão voltar em novo formato; entenda

O setor de eventos aguarda para esta sexta-feira (30) uma portaria que dê uma perspectiva para uma retomada gradual das atividades. Foram muitas reuniões ao longo desta semana entre representantes do segmento e do governo, como a secretária da Saúde, Carmen Zanotto, e Eduardo Macário, superintendente de Vigilância em Saúde de Santa Catarina.

A ideia é que os eventos sejam permitidos a partir de maio, em etapas e de acordo com o mapa de classificação de risco da pandemia. Essa é a expectativa de quem atua na área.

Marco Aurélio Floriani, presidente da Federação dos Convention Bureau de Santa Catarina e da Câmara Empresarial de Turismo da Fecomércio e membro do Conselho Estadual de Turismo, acredita que serão autorizadas as feiras de negócios, eventos sociais e corporativos. Entre eventos sociais, consideram-se festas de aniversário, 15 anos e casamento.

“Seriam pequenos eventos e o número de pessoas está sendo definido pelo governo, mas será de acordo com o mapa de risco e as condições do ambiente”, explica.

Ele afirma que os organizadores de eventos têm experiência e capacidade para registrar os convidados e participantes, o que facilitaria a rastreabilidade no caso de pessoas contaminadas.

As regras seriam semelhantes aos bares e restaurantes, com o distanciamento entre as mesas, uso de álcool gel e máscaras enquanto não se está comendo. O setor está devastado pela crise. Foi o primeiro a parar a operação.

Nem todos conseguiram financiamento subsidiado. Mesmo os que conseguiram, enfrentam situação delicada. Há casos em que o prazo de carência venceu, as parcelas já chegaram, mas as empresas seguem sem faturar. O quadro é desolador. O grande desafio é uma retomada com a pandemia ainda não controlada.

Com informações NSC Total 

Veja Também

Comentários estão fechados.