Notícias de Caçador e Região

Evento promove reflexão sobre o combate à violência contra as mulheres

A Procuradoria da Mulher da Câmara Municipal de Caçador realizou na tarde desta terça-feira (30), uma roda de conversa com o tema: recomeço. O evento, que foi de forma online, reuniu mulheres de vários segmentos e teve como objetivo marcar o fechamento do “Agosto Lilás”, que visa promover a conscientização pelo fim da violência contra a mulher.

Os trabalhos foram conduzidos pela vereadora e procuradora Lidiane Cattani, que conversou com as convidadas promovendo uma reflexão além dos números e os motivos pelos quais a violência contra as mulheres acontece, debatendo meios de como ajudar as vítimas a saírem do círculo vicioso envolvendo a violência e o agressor e formas de ajudá-la a recomeçar.

“Juntas enriquecemos o diálogo e promovemos esta reflexão. Tivemos a presença de representantes da secretaria de Educação, da Assistência Social, agentes públicas, advogada, onde, cada uma pôde explanar sobre a sua área e ponto de vista”, explica, destacando ainda que o evento está disponível na íntegra na página da Câmara no Youtube.

O Núcleo de RH da ACIC também esteve representado no evento explanando sobre os números envolvendo mulheres no mercado de trabalho e os motivos pelo qual se ausenta, além da importância de se capacitarem para não serem reféns economicamente do agressor. Assim como profissionais da área da saúde, como agentes comunitárias que atuam diretamente nas residências e podem auxiliar levando orientações às vítimas.

“Também tivemos a participação de psicólogas para discutir a importância do empoderamento e valorização das mulheres partindo delas mesmo, de buscar o amor próprio, amar-se antes de amar o outro”, completa Lidiane.

O encontro contou com a presença da vereadora Dirlei Fossá e do presidente da Câmara, Moacir D’Agostini, que fez a abertura do evento. Em sua fala, valorizou a importância do debate e a relevância de se buscar, cada vez mais, mecanismos que inibam qualquer tipo de violência contra as mulheres. Disse ainda que com a criação da Procuradoria da Mulher, a Câmara de Vereadores ratifica mais uma vez o seu papel de “Casa do Povo”, auxiliando em demandas e ampliando a rede de proteção às mulheres.

Sobre a Procuradoria da Mulher

Aprovada através de projeto de Lei no dia 8 de agosto deste ano, compete à Procuradoria receber, examinar e encaminhar denúncias de violências e discriminação contra a mulher; fiscalizar e acompanhar a execução de programas dos Governos Municipal e Estadual que visem à promoção da igualdade de gênero, assim como a implementação de campanhas educativas e antidiscriminatórias de âmbito estadual/municipal.

Ainda, promover pesquisas, seminários, palestras e estudos sobre violência e discriminação contra a mulher, entre outros.

“A Procuradoria será a ponte entre as vítimas (mulheres, crianças e idosos) e os profissionais competentes que farão o atendimento e encaminhamentos cabíveis. Além disso, deve ampliar o trabalho de conscientização sobre a importância da mulher em todos os setores da sociedade, com campanhas e eventos que promovam o empoderamento feminino”, explica Lidiane.

Mulheres participantes do evento:

– Vereadora Dirlei Fossá

– Deputada Estadual Paulinha

– Ex-prefeita de Calmon – Ivone De Geroni

– Advogada Daniella Sgarbi

– Psicólogas Josiele Varela e Mariana Faoro

– Aline de Matos – RH – ACIC;

– Adriana Bof – Sec. de educação;

– Lilia capelin – Secretaria de Assistência Social

– Candice e Lorete – Secretaria de Saúde;

– Claudete de Mathias – ex- prefeita de Fraiburgo;

Veja Também

Comentários estão fechados.