Notícias de Caçador e Região

Especialista explica fenômeno no Rio do Peixe, em Rio das Antas

Nos últimos dias têm circulado nas mídias sociais alguns vídeos e fotos de um fenômeno eruptivo no rio do Peixe, no centro do município de Rio das Antas. Inicialmente, populares cogitavam a possibilidade de tal erupção estar acontecendo devido à presença de algum animal de grande porte, tal como sucuri ou lontra. Alguns, inclusive, alegaram ter visto a cabeça do possível animal. Porém, o fenômeno pode ser explicado cientificamente.

De acordo com o meteorologista Jeferson Vilhena, do Instituto de Meteorologia do Iepa, este tipo de fenômeno pode ocorrer quando uma massa de água se desloca do fundo do rio para a sua superfície. Isto pode acontecer devido à ressurgência natural, em virtude da diferença de temperatura da água ou pela presença de gases que se acumulam no fundo do rio.

Segundo o vice-presidente do Comitê Peixe, Engº Ambiental Mauricio Perazzoli, no caso do Rio do Peixe possivelmente houve a formação de bolhas a partir de decomposição de matéria orgânica e sedimentos acumulados no fundo do rio.

Veja Também

Comentários estão fechados.