Notícias de Caçador e Região

Enxurrada com granizo e vento causa transtornos em Videira

Uma enxurrada, acompanhada de granizo e vento forte, causou diversos transtornos na cidade de Videira na tarde desta terça-feira (27). A chuva começou calma por volta das 14 horas e durou cerca de 40 minutos. Após 10 minutos se intensificou e pedras de gelo caíram acompanhadas de rajadas de vento. No total, o volume de chuva não passou de 20 mm.

Alagamentos, quedas de árvores, telhados danificados, queda de barreira e lama foram registrados. Várias imagens circulam pelas redes sociais mostrando os problemas. Até mesmo a sede do Corpo de Bombeiros Militar de Videira, no bairro Farroupilha, foi alagada.

Alagamentos também foram registrados na SC-355 em frente ao Auto Posto Dois Trevos na saída para o bairro Rio das Pedras, em frente à Carboni Fiat no bairro Portal das Videiras, proximidades da Auto Elite, no loteamento Cantú, Auto Posto Dois Pinheiros no bairro Dois Pinheiros e bairro Santa Gema, onde até mesmo casas foram invadidas pela água e lama.  Em algumas ruas o trânsito ficou bloqueado pela quantidade de água. A recomendação é não atravessar o alagamento.

Ruas em locais íngremes viraram rios com a enxurrada que descia dos morros, como é o caso do bairro Marafon e Dois Pinheiros.

Os bombeiros também registraram quedas de árvores. No bairro Carboni uma árvore de grande porte caiu sobre uma residência e no bairro Oficina uma árvore caiu e obstruiu a pista.

No município de Rio das Antas, mais de 2,6 mil unidades ficaram sem energia elétrica.

Com informações Rádio Caçanjurê 

Veja Também

Comentários estão fechados.