Notícias de Caçador e Região

Encontro neonazista termina com a prisão de oito pessoas em SC

Oito pessoas foram presas durante um encontro neonazista nesta segunda-feira (14) em São Pedro da Alcântara, na Grande Florianópolis. De acordo com a Polícia Civil, os membros são moradores dos três estados do Sul do país.

A ação foi coordenada pela Delegacia de Repressão ao Racismo e Delitos de Intolerância da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (Deic). A investigação, que contou com o apoio da Polícia Militar do município, teve início após a denúncia de que o encontro ocorreria na região nesta semana.

Segundo a Polícia Civil, o evento é anual e organizado por uma célula neonazista interestadual, com integrantes dos três estados da região Sul. Além disso, os integrantes também participam de um grupo skinhead internacional. São Pedro da Alcântara foi escolhida por ser a primeira colônia alemã de Santa Catarina.

Durante as investigações, a equipe encontrou várias artes dos grupos supremacistas, assim como material digital.

Na manhã desta segunda-feira, a equipe cumpriu dois mandados de busca e apreensão. Oito pessoas foram presas em flagrante pelos crimes de associação criminosa e racismo em um sítio no interior do município Além disso, um dos suspeitos também foi autuado por porte ilegal de arma de fogo.

Entre os integrantes do grupo, quatro são do Rio Grande do Sul, um de Santa Catarina, um do Paraná, um de Minas Gerais e um de Portugal. A idade deles varia de 22 a 48 anos. Durante o depoimento, alguns chegaram a negar o envolvimento com o grupo.

Ainda segundo a polícia, entre os suspeitos, dois já tinham se envolvido em crimes de homicídio por conta de intolerância, sendo um deles com tornozeleira eletrônica por ter sido condenado por uma tentativa de homicídio decorrente de um ataque skinhead contra judeus no Rio Grande do Sul.

Outro suspeito também já foi denunciado por duplo homicídio por conta de uma disputa entre lideranças de células neonazistas, no Paraná, mas ainda não foi julgado.

Além do sítio, também foi cumprindo um mandado de busca e apreensão na casa de um dos suspeitos em Florianópolis, onde foram apreendidos equipamentos eletrônicos. As investigações sobre o caso continuam.

Com informações NSC Total 

Veja Também

Comentários estão fechados.